CICLISMO

José Simões (Averomar) vence em Sub-23 em Paredes de Coura

José Simões, famalicense que alinha no Grupo ccr-Ap motors-Lobos Averomar Cycling Team, foi o vencedor em Sub-23 no 9.º BTT XCO Paredes de Coura, que se realizou domingo no Centro Cyclin´ Portugal Paredes de Coura, em Vascões.

O ciclista famalicense, que fez segundo lugar à geral, percorreu as seis voltas ao percurso em 1:26:30h.

Na segunda posição o vianense Rui Rêgo, MonçãoBike/LusoPrint/Bombos S. Sebastião, que gastou mais 19s que o famalicense.

Carlos Viana, da Casa Myzé Team, assegurou o terceiro lugar do pódio, com o tempo de 1:298:09.

Ivo Pereira (SAERTEX Portugal/Edaetech) foi quinto classificado e seu colega de equipa Pedro Vilela passou a meta na sexta posição.

JOSÉ SIMÕES: “ACABEI POR FAZER UMA CORRIDA DENTRO DAS MINHAS EXPETATIVAS… E AINDA TRAZER UM BOM RESULTADO”

José Simões saiu de Paredes de Coura com sentimento de “um trabalho bem feito”. O ciclista famalicense salientou que “a prova correu bem. Eu estava fisicamente bem depois de tantas provas seguidas e acabei por conseguir fazer uma corrida dentro das minhas expetativas” e adiantou: “ainda conseguir trazer um bom resultado”.

Sobre a pista de Vascões, José Simões afirmou que “superou as minhas expetativas, era uma pista dura fisicamente e bastante divertida de conduzir, mas acima de tudo desenhada também a pensar nos espetadores, algo muito importante se queremos fazer crescer a modalidade”.

José Simões, que tem estado a fazer um bom arranque de época, tem como grande objetivo: “continuar a evoluir nas provas nacionais e estar, claro, na disputa dos Campeonatos Regionais”.

Depois de uns dias mais tranquilos, José Simões prepara-se para entrar em ação já este sábado… “vou participar num evento perto de casa de forma a continuar a preparar as próximas provas”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...