CICLISMO

João Salgado na Kelly/Simoldes/UDO

João Salgado vai representar a Kelly/Simoldes/UDO em 2021. O ciclista de Guimarães, que este ano alinhou pela JVPerfis – Gondomar Cultural, regressa assim a uma equipa profissional.

João Salgado, ciclista de 21 anos que no domingo regressou à competição na primeira prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse, mostrou-se bastante satisfeito com o novo projeto.

“Este é um projeto que me agrada muito, é uma equipa que, desde o seu início, tem sido uma referência na formação e no desenvolvimento de jovens ciclistas e não tenho dúvidas que está mudança será muito benéfica para mim”, começou por referir João Salgado.

OBSERVADO DESDE A ESTREIA EM SUB-23

O ciclista de Guimarães lembra que o ingresso na Kelly surgiu de forma inesperada.

“Na verdade, foi um bocadinho inesperado…A equipa estava à procura de um atleta e era totalmente do meu interesse poder ingressar de novo numa equipa profissional. Foi tudo bastante rápido e depois do primeiro contacto as coisas ficaram, praticamente, resolvidas na hora”, disse João Salgado, que lembrou que “desde o meu primeiro ano Sub-23, que foi bastante positivo, eles têm vindo a acompanhar o meu trabalho. As duas últimas temporadas foram menos boas, mas deram-me a oportunidade e eu estou muito agradecido por isso”.

João Salgado garante que se sente preparado para o novo desafio: “sinto-me preparado, pois era algo que eu queria muito. A partir do momento em que passei para uma equipa Sub-23 o meu objetivo passou a ser o de regressar a uma estrutura profissional e continuar a evoluir”.

“Este ingresso na Kelly veio trazer-me uma motivação acrescida e ambição, que confesso ter perdido um pouco nos últimos tempos”, disse o ciclista de Guimarães.

“CORRESPONDER A TUDO O QUE ME FOR PEDIDO…E AGRADECER COM MUITO TRABALHO”

Quanto a objetivos para a nova época, João Salgado não tem dúvidas: “este era o principal objetivo que eu tinha no início desta temporada. Neste momento a única coisa que tenho em mente é poder corresponder a tudo aquilo que me for pedido pela equipa e agradecer com muito trabalho a oportunidade que me deram. Espero estar à altura”.

Quanto à época que terminou, que balanço fazes? “Não foi um ano fácil para ninguém. Quanto à minha prestação acho que foi bastante satisfatória. Comecei a época com bons resultados no Ciclocrosse e com uma medalha de Vice-Campeão Nacional”, começou por referir João Salgado, que adiantou: “a época de Estrada também não começou mal e consegui andar relativamente bem. Infelizmente não terminou da melhor maneira devido a este problema atual que impediu a minha estreia na Volta a Portugal num momento em que me encontrava bastante bem fisicamente. Foi também um ano marcado por algumas intervenções cirúrgicas e algumas complicações a nível de saúde que em alguns momentos dificultaram a minha preparação e o meu rendimento”.

“No fim de tudo posso dizer que foi mais um ano muito importante para o meu crescimento como atleta e como pessoa e que todas estas situações menos boas, certamente, me terão ajudado a amadurecer um pouco”, concluiu João Salgado.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS