CICLISMO

Carina Viana (AC Paredes): “sinto uma grande vontade de viver esta experiência”

“É a primeira vez que vão organizar uma Volta a Portugal Feminina. É uma prova importante e sinto algum nervosismo, mas ao mesmo tempo uma grande vontade de viver esta experiência”, foi assim que Carina Viana, ciclista de Viana do Castelo que alinha na equipa de Sub-23 da Academia de Ciclismo de Paredes, abordou a sua participação na competição que arranca esta quinta-feira, pelas 12.30 horas, com a apresentação das equipas no Marquês do Pombal, em Lisboa.

Carina Viana parte determinada a fazer o melhor numa prova nova, em todos os sentidos. para o escalão feminino “sinto-me preparada para dar o meu melhor até ao fim”.

 

“TODAS AS ETAPAS TÊM O SEU GRAU DE EXIGÊNCIA”

 

Qual será a principal dificuldade desta competição? “Todas as etapas têm o seu grau de exigência. Estarei lá para dar o melhor até ao fim e tentar ultrapassar as dificuldades da melhor forma possível. Vai ser uma prova com a presença de muitas atletas estrangeiras. Não as conheço, não sei como estão fisicamente”, disse a ciclista de Viana do Castelo, que garantiu que “preparada para o que vier”.

A Volta a Portugal Feminina inicia-se com a apresentação das equipas, às 12.30 horas, e as ciclistas vão para a estrada às 15 horas para uma etapa com 81,5 quilómetros, a disputar entre Cacilhas, em Almada, e Setúbal.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS