CICLISMO

Virgínia Moreira (SAERTEX) vence em Abrantes de lidera Taça de Portugal

Virgínia Moreira, da SAERTEX Portugal/Edaetech, lidera a Taça de Portugal de Cross-Country Olímpico em Master 40 feminino, após a conclusão da segunda prova, que se realizou no fim de semana em Abrantes.

A ciclista do clube de Viana do Castelo liderou a corrida deste a primeira volta e percorreu as três voltas ao percurso em 1:13:36 horas, deixando a segunda classificada a mais de três minutos.

Virgínia Moreira lidera isolada a Taça de Portugal, com 70 pontos, mais 13 que as segundas classificadas.

No BTT XCO de Abrantes de salientar ainda o quarto lugar de Francisco Branco (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) em Master 50.

CARLOS CRUZ (SAERTEX) NO TOP10

Carlos Cruz, da SAERTEX, fez top10 na prova de Elites do BTT XCO de Abrantes. O ciclista vianense percorreu o circuito em 1:37:39h, gastando mais 8.42m que o vencedor, o vilacondense Mário Costa (AXPO).

Com este resultado, Carlos Cruz ocupa o 21.º lugar na Ranking da Taça.

João José Azevedo, famalicense que alinha na AXPO, terminou a corrida no 17.º lugar e Nuno Mesquita (Averomar) foi 18.º, enquanto o seu colega de equipa Filipe Sá fez 21.º.

JOÃO CRUZ (AXPO) SEGUNDO EM SUB-23

João Cruz, vianense da AXPO, alcançou a segunda posição na categoria de Sub-23, percorrendo o circuito em 1:34:22h.

José Simões (Averomar) foi sexto classificado e Henrique Martins (Guilhabreu BTT) terminou na sétima posição, enquanto Carlos Viana (Casa Myzé Team) foi nono. Hélder Laranjeira (MonçãoBike/LusoPrint/Bombos S. Sebastião) fez 11.º lugar.

Fotos: FPC

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS