CICLISMO

Daniela Pereira (BTT Matosinhos): “Quero manter-me no grupo mais à frente possível”

“Quero manter-me no grupo que for mais à frente possível” disse Daniela Pereira, ciclista de Famalicão que alinha no Clube BTT Matosinhos a propósito da primeira prova da época de Ciclismo Feminino, que decorre domingo em Arruda dos Vinhos.

A primeira prova da Taça de Portugal é um circuito de 11,8 quilómetros que arranca de Santiago dos Velhos, às 13.30h e terá de ser percorrido algumas voltas, conforme o escalão.

Daniela Pereira ambiciona andar no grupo da frente “mesmo que sofra mais que o normal, mas é com essa ideia que vou para Arruda dos Vinhos”.

“Também gostava muito de sair numa fuga, mas só no dia, dependendo das sensações e, claro, do estado de forma das companheiras de corrida é que poderei avaliar se é possível…”, acrescentou a ciclista famalicense.

Daniela Pereira diz-se “muito ansiosa” para a primeira prova do ano de Ciclismo de Estrada e explica: “não sei o que esperar. Nem de mim, nem das outras corredoras. Será uma avaliação para ‘medir’ o pulso do que se pode esperar para as próximas corridas”.

“Também quando faço muitas corridas, a rotina já é muito familiar e é mais um dia. Agora como estou há muito tempo sem competir, competir torna-se algo extraordinário e cria sempre um bocadinho de ansiedade. Agora é esperar que se torne rotina…”, referiu.

De referir que na categoria de Sub-23/Elites estão inscritas 31 ciclistas que vão percorrer seis vezes o circuito em Arruda dos Vinhos.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS