CICLISMO

João Leite (Rías Baixas) no Santikutz Klasika: “vou para aprender e ajudar a equipa”

João Leite, ciclista de Fafe que alinha na equipa espanhola do Vigo-Rías Baixas, parte confiante para a LXXXVIII Santikutz Klasika, prova que se realiza este domingo na localidade de Legazpi, em Guipúzcoa.

A prova, de 153 quilómetros, tem partida e chegada em Legazpi e conta com 12 passagens de montanha, de segunda e terceira categoria.

O ciclista fafense diz-se confiante para mais uma prova e salienta que “vou para aprender e ajudar a equipa” e adiantou: “se aparecer alguma oportunidade vou tentar aproveitá-la”.

Considerando que “vai ser muito difícil”, João Leite lembra que “estive com gripe e isso afetou a minha forma. Estou, basicamente, a recomeçar”.

PROVA COM VÁRIOS PRÉMIOS DE MONTANHA

A Santikutz Klasika apresenta-se como uma prova bem dura… “Sim, tem 12 prémios de montanha de segunda e terceira categoria, que vão fazer muitas diferenças”.

João Leite estreou-se este ano no escalão Sub-23 e no calendário de Espanha, uma experiência que tem sido positiva.

“Apesar de ser cansativa, a experiência está a ser boa. Aqui aprendo algumas coisas. Em Portugal como Sub-23 de primeiro ano quase nada de aprende”, disse João Leite, que adiantou que “o andamento aqui é tão ou mais forte que os profissionais em Portugal. Quando acabo uma corrida e vejo que tenho média de 42/43 em 160 quilómetros, fico impressionado… e fico ainda mais quando comparo com as médias em Portugal”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS