NATAÇÃO

GDN Famalicão ‘reinou’ nos Regional de Juvenis

O GDN Famalicão foi o grande vencedor do Campeonato Regional de Juvenis da Associação de Natação Norte de Portugal, que se realizou na Piscina Municipal Rota dos Móveis, em Recarei, Paredes.

O conjunto famalicense não deu qualquer hipótese em Juvenis A, tendo conquistado 31 títulos de Campeão Regional e um total de 43 medalhas. Na segunda posição ficou a FOCA, com cinco títulos, enquanto o Penafiel foi terceiro.

Em Juvenis B, o GDN Famalicão somou 19 medalhas e 10 títulos Regionais. No total a equipa de Pedro Faia conquistou 41 títulos de Campeão Regional, 17 de Vice-Campeão e ainda quatro medalhas de bronze.

Em termos individuais de realçar a prestação de Rodrigo Pereira, que arrecadou seis títulos de Campeão Regional, enquanto Francisco Silva conquistou cinco medalhas, quatro títulos de Campeão e um de Vice-Campeão. Rui Santos e Leonardo Fernandes sagraram-se Campeões Regionais em três provas diferentes em Juvenis A e Tiago Costa em Juvenis B.

Rui Miguel Santos foi o melhor atleta masculino da prova, ao somar 604 pontos, enquanto Mafalda Mesquita foi a segunda melhor atleta feminina.

Em Juvenis B de salientar o quinto lugar conquistado pela AD Fafe, que arrecadou 12 medalhas e três títulos de Campeão Regional.

RESULTADOS DA SESSÃO DA TARDE

1500m Livres

Juvenis A: 1-º Mafalda Mesquita (Famalicão)

400m Livres

Juvenis B: 1.º António Costa (AD Fafe)

200m Mariposa

Juvenis A: 1.º Rodrigo Pereira (Famalicão); 2.º Rui Santos (Famalicão)

Juvenis B: 2.º Ana Silva (Famalicão)

50m Costas

Juvenis A: 1.º Francisco Silva (Famalicão)

Juvenis B: 1.º Tiago Costa (Famalicão)

200m Costas

Juvenis A: 1.º Rita Soares (Famalicão)

4x100m Estilos

Juvenis A: 1.º Famalicão

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS