NATAÇÃO

Vitória SC e GDN Famalicão brilham em Felgueiras

Vitória SC e GDN Famalicão estiveram em grande destaque no primeiro dia dos Campeonatos Regionais de Juniores e Seniores em piscina curta da Associação de Natação Norte de Portugal, que decorrem na Piscina Municipal de Felgueiras.

Os dois clubes minhotos conquistaram títulos, pódios e o Vitória SC bateu ainda dois recordes: a estafeta mista de 4x50m Estilos estabeleceu ainda um novo Recorde Nacional Absoluto e Sénior, enquanto João Nogueira Costa bateu o Recorde Regional nos 100m Costas em Seniores e Absolutos.

 

VITÓRIA SC SEGUNDA NA ESTATÍSTICA DE MEDALHAS

 

O Vitória SC termina o primeiro dia de provas no segundo lugar da Estatísticas de Medalhas. A equipa de Rui Costa somou 18 subidas ao pódio, conquistando sete títulos de Campeão Regional e oito de Vice-Campeões.

Em destaque esteve João Nogueira Costa que, individualmente, se sagrou Campeão Regional nos 200m Costas e 400m Estilos, fazendo ainda parte da Estafeta Mista de 4x50m Estilos, da Estafeta masculina dos 4x100m Estilos e 4×50 Livres, que também venceram.

Ao primeiro lugar do pódio subiu ainda Alexandre Amorim nos 100m Bruços e nas estafetas.

 

GDN FAMALICÃO COM QUATRO TÍTULOS REGIONAIS

 

O GDN Famalicão termina o primeiro dia dos Campeonatos Regionais com quatro títulos conquistados e o quarto lugar na Estatísticas de Medalhas.

O conjunto orientado por Pedro Faia viu Daniela Lopes vencer a prova dos 1500m Livres em Juniores. João Oliveira sagrou-se Campeão Regional dos 100m Bruços e Rui Pedro Madureira nos 50m Mariposa, ambos em Juniores.

A Estafeta Júnior de 4x100m Estilos bateu toda a concorrência e conquistou o título.

O GDN Famalicão subiu ainda mais três vezes ao pódio para receber duas medalhas de prata por intermédio de João Carlos Silva nos 50m Mariposa e pela Estafeta Mista dos 4x50m Estilos, enquanto Afonso Silva foi terceiro nos 100m Livres.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS