VOLEIBOL

CARTaipense e Colégio JPII/Dumiense à procura da vitória

CARTaipense e Colégio JP II/Dumiense defrontam-se sábado, a partir das 17 horas, naquele que é o jogo grande da quarta jornada da Zona Norte B do Campeonato Nacional da III Divisão, organizado pela Associação de Voleibol de Braga.

Em campo vão estar dois dos principais candidatos à passagem à segunda fase do campeonato e à vitória desta fase. O CARTaipense, que lidera a Zona Norte B com oito pontos em três jogos, parte com uma maior dose de favoritismo, pois joga em casa e está moralizado com os resultados obtidos até aqui…

O Colégio JPII/Dumiense, equipa que se estreou este ano no escalão sénior, é terceiro classificado no campeonato com cinco pontos em dois jogos e promete lutar pela vitória no terreno do adversário…

VERÓNICA FERTUZINHOS: “TUDO FAREMOS PARA SERMOS NÓS A SURPREENDER”

Nas Taipas o jogo está a ser encarado com otimismo. Verónica Fertuzinhos, treinadora do CARTaipense, considera que estão reunidas as condições para se assistir a um bom jogo de Voleibol.

“Vai ser um jogo muito equilibrado, de bom voleibol, as equipas já se encontraram num torneiro anterior por isso já têm algum conhecimento daquilo que poderão encontrar no jogo”, começou por afirmar a técnica do CARTaipense, que adiantou que “claro que o tempo e as semanas de trabalho desde aí já trazem por si só um fator surpresa e tudo faremos para sermos nós a surpreender”.

“A equipa está tranquila, confia no trabalho que tem vindo a ser feito, e dará o seu melhor em campo com muita certeza”, garantiu Verónica Fertuzinhos, que salientou que “dada a qualidade de ambas as equipas espera-se que o resultado seja acima de tudo justo”.

O facto de, neste momento, o CARTaipense estar na liderança, dá uma maior motivação à equipa? “Sem dúvida, não só motivação como também responsabilidade que é muito importante nesta fase”, referiu.

Apesar da importância do jogo, Verónica Fertuzinhos garante que “a equipa está tranquila, está a trabalhar, com foco no jogo e naquilo que tem de fazer para alcançar um resultado positivo”.

LUÍS ANDRÉ PAÇO: “É UM JOGO IMPORTANTE”

Para Luís André Paço, treinador da recém-formada equipa do Colégio JPII/Dumiense “este é um jogo importante para as duas equipas, quem vencer fica mais perto do apuramento para a segunda fase, que se irá disputar a três equipas…”.

“O campeonato ainda está no início, mas estes jogos são importantes numa luta que promete ser equilibrada entre as três equipas. Quando mais cedo consolidarmos o apuramento melhor”, referiu o treinador da equipa de Dume.

O Colégio JPII/Dumiense vem de uma derrota, sofrida para a Taça de Portugal, mas Luís André Paço refere que “o resultado não deixou marcas na equipa. Já falamos e as atletas perceberam o que correu mal. Era uma competição diferente, com uma equipa diferente. Deu para perceber o momento em que estamos e demonstrou-nos que temos muito trabalho pela frente, que há equipas que conseguem ter mais ritmo do que nós”.

Lembrando que “temos uma equipa em construção, algumas atletas vêm de uma paragem muito grande, outras nunca jogaram em Seniores”, Luís André Paço referiu que “é preciso dar tempo para elas assimilarem o modelo que queremos implementar e para encontrarem a melhor forma. Não se faz uma equipa de um dia para o outro”.

Quais as maiores dificuldades que espera encontrar no jogo de sábado? “O CART tem atletas que jogam juntas há algum tempo, é uma equipa coesa e trabalhadora”, mas “se estivermos ao nosso nível penso que vamos conseguir conquistar um bom resultado”.

PROGRAMA DE JOGOS

Seniores Femininos

Sábado

15h: AVC Famalicão – ADC Perre

17h: CARTaipense – Colégio JPII/Dumiense

Domingo

17h: AD Esposende – CD Monserrate

Seniores masculinos

Sábado

16.30h: Famalicense – Vilacondense

18h: RC Senhorense – FC Amares

19h: Amares Volei – CV Peso Régua

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS