CICLISMO

David Vaz “preparado e confiante” para a Maratona de Melgaço

David Vaz, Campeão do Minho em título, é um dos grandes favoritos à vitória no 5.º BTT XCM Vila de Melgaço, penúltima etapa da Taça de Portugal de XCM e de atribuição dos títulos do Campeonato do Minho BTT XCM – Discover Melgaço.

A única prova de Maratonas a realizar no Minho este ano promete muita emoção com os cerca de 300 ciclista a lutarem, uns pelos pontos para a Taça de Portugal, e outros pelos títulos de Campeão do Minho.

David Vaz, que em 2019 dominou o Campeonato do Minho, parte como um dos favoritos à vitória e à revalidação do título regional e da subida aos lugares do pódio na Taça de Portugal, onde ocupa a quarta posição.

O ciclista de Vila Franca parte para a Maratona de Melgaço “confiante e motivado” e salientou que “pessoalmente penso que estou num bom momento de forma e a Maratona de Melgaço é uma prova em que costumo fazer boas prestações”.

Sobre o percurso da Maratona deste ano, o ciclista vianense afirmou que “não conheço, mas naquela zona é sempre bastante duro…. irei fazer o reconhecimento de algumas partes no sábado”.

Quanto à revalidação do título de Campeão do Minho referiu que “ser Campeão Regional não é um objetivo até porque várias pessoas lançaram-me um desafio e provavelmente será o meu último ano no escalão de Elite”.

Então seria fechar um ciclo com ‘chave de ouro’? “Acho que irei fechar sempre em alta, fazer o que continuo a fazer com 40 anos na categoria de Elite, acho que diz muito…”.

David Vaz tem participado em várias provas nacionais e em Espanha, conquistado resultados de relevo… venceu o Monção-Melgaço Granfondo, o Pontevedra 4 Picos Bike, entre outros resultados.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS