Sem categoria

Ricardo Machado (Kelly): “quero fazer uma boa corrida”

“Quero fazer uma boa corrida e vou dar tudo para que isso aconteça” foi assim que Ricardo Machado, ciclista de Braga que alinha na Kelly/Simoldes/UDO, começou por abordar a sua participação no Grande Prémio O Jogo, prova destinada a atletas das categorias Elite e sub-23, que se realiza este fim de semana.

Ricardo Machado, que como Júnior participou no ano passado em algumas provas por etapas no estrangeiro ao serviço da Seissa, diz-se preparado para a sua primeira prova deste género como Sub-23.

“É a primeira vez que vou fazer uma prova por etapas neste escalão. Vão ser dois dias muito duros, mas, certamente, serão uma grande aprendizagem” disse o ciclista bracarense, que considera que “espero estar preparado, estou com muita vontade de competir e os treinos correram bem, agora é ver como vão estar as pernas durante o fim de semana”.

Afirmando que “estou com muita vontade de correr”, Ricardo Machado salientou que “isso deixa sempre a sensação de ansiedade, mas vou sem pressão, quero fazer uma boa corrida e vou dar tudo para que isso aconteça”.

De referir que a 9.ª edição do Grande Prémio O Jogo é composto por três etapas. Hoje de manhã o percurso é de 77,9 quilómetros, com partida e chegada em Castro Daire.

Na parte da tarde, a partir das 16.20h realiza-se a segunda etapa, na distância de de 64,1 quilómetros, em São Pedro do Sul.

No domingo, às 11.55h é dada a partida para a terceira etapa, que decorre em Vieira do Minho e terá uma extensão de 138,2 quilómetros, com subidas de segunda categoria em Covide e Tabuaças.

De referir que, para além de Ricardo Machado, marcam presença neste GP O Jogo vários ciclistas do Minho.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS