Sem categoria

Provas de Acesso Iniciação e por Disciplina abrem Calendário da APMinho

As Provas de Acesso de Iniciação e por Disciplina abrem o calendário remodelado da Associação de Patinagem o Minho. Depois da paragem forçada, devido à pandemia do Covid-19, a APM agendou a primeira prova para o fim de semana de 12 e 13 de setembro, a decorrer no Pavilhão do CARTaipense.

No fim de semana seguinte, dias 19 e 20, realiza-se mais uma jornada das Provas de Acesso de Iniciação e por Disciplina, desta feita com as provas marcadas para o Pavilhão da Académia de Patinagem do Ave.

Ainda em setembro, nos dias 26 e 27, realiza-se a primeira jornada do Torneio de Verão, que se realiza no Pavilhão do Grupo Nun’Álvares, em Fafe. A segunda jornada está marcada para os dias três, quatro e cinco de outubro, no recinto da Escola de Patinagem de Artística de Basto.

OPEN DO NORTE PODE REALIZAR-SE NO MINHO

A Academia de Patinagem de Guimarães recebe nos dias 17 e 18 de outubro as Provas de Acesso de Iniciação e por Disciplina. Entretanto, o Open do Norte, sob a organização da FPP, está marcado para os dias 10 e 11 de outubro e pode realizar-se no Minho.

A Taça de Portugal Jovem, organizada pela FPP, realiza-se entre os dias 31 de outubro e um de novembro. Aliás novembro é dedicado mais a provas federativas, realizando-se a Taça de Portugal e o Open especial.

A APMinho volta a receber uma prova a 28 e 29 de novembro, trata-se da primeira jornada da Taça do Minho, que decorre no Pavilhão da AP Guimarães.

Em dezembro realiza-se a segunda jornada da Taça do Minho, que se realiza nos dias cinco e seis nas Taipas, no Pavilhão do CART.

CARLA REGO: “O CALENDÁRIO POSSÍVEL”

Carla Rego, diretora da Secção de Patinagem Artística da APMinho, referiu que “este é o calendário possível tendo em consideração a situação que vivemos”. De resto, “só será possível realizarem-se as competições se a situação continuar a evoluir favoravelmente. Se houver retrocessos ou surgir um novo surto todo o calendário pode estar em perigo”.

Carla Rego garante que “estamos atentos as todas as regras emanadas pela GDS de forma a podermos realizar as provas”.

Quanto à recetividade dos clubes, a responsável pela Patinagem Artística da APM, referiu que “os clubes, tal como todos nós, estão a aguardar a evolução da situação. Alguns já regressaram aos treinos, outros aguardam autorização para regressar aos pavilhões. No fundo estamos a viver um período muito atípico, em que ninguém sabe bem o que fazer. Nós tínhamos que apresentar um calendário, decidimos por estas provas e esperamos que as possamos realizar”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS