BASQUETEBOL

CB Viana regressou aos treinos no pavilhão

O Clube Basquete de Viana regressou esta semana aos treinos de preparação no Pavilhão de Santa Maria Maior.

Os treinos ainda são bastante condicionados e restritos a apenas 12 jogadores por treino, o que obrigada a rotação dos atletas de treino para treino, mas a primeira semana de trabalhos correu bem e a reação dos atletas não podia ser melhor.

“Os treinos arrancaram esta semana e correram bem. Trabalhamos, principalmente, a parte técnica e alguma tática. Claro que os atletas estão fora de forma e sem a sensibilidade à bola, mas tudo isso se recupera com o tempo”, começou por referir Jorge Resende, treinador da equipa Sénior do CB Viana e Coordenador Técnico do clube.

“ERA IMPORTANTE RETOMAR O CONTACTO COM A BOLA ”

Jorge Resende salientou que “era importante retomar o contacto com a bola para que, gradualmente, os atletas melhorem a condição física. Foi muito tempo parados, fora das suas rotinas. Mesmo quando estão de férias nunca pararam tanto tempo, aliás durante esse período eles fazem ginásio e treinos ao ar livre e desta vez nem isso conseguiam fazer”.

Considerando que “alguns não estão tão bem fisicamente”, Jorge Resende desvalorizou “é tudo uma questão de trabalho e é importante regressar, gradualmente, aos treinos para ir ganhando a condição física. Aliás nós estamos a tentar não paramos em julho e agosto, claro que estamos dependentes dos pavilhões, mas para recuperarmos e estarmos em condições em setembro era importante”.

TREINOS DIFERENTES

Os primeiros treinos pós-covid foram bem diferentes do habitual… “foram treinos mais individuais, cada jogador com uma bola, muito trabalho de drible, de passe. Em termos físicos não me preocupa porque temos tempo para recuperar e o importante era regressar. Para recuperar a preparação física os atletas já têm ido ao ginásio, com quem temos um protocolo, e eles já têm estado a trabalhar nesse sentido. Agora é o retomar do treino com bola e tudo o resto que se perdeu um pouco devido à paragem, mas que neste escalão é fácil de recuperar”.

Para já o CB Viana treina duas vezes por semana, mas Jorge Resende garantiu que “estamos a tentar aumentar o número de treinos. Também queremos que os escalões de formação regressem aos trabalhos, que tem que ser feito com grupos reduzidos e seguindo todas as restrições, mas neste caso tem que ser ao ar livre porque a Câmara Municipal de Viana do Castelo só autorizou o uso dos pavilhões para o escalão sénior”.

JOTA E VALTER REFORÇAM CB VIANA

Jota e Valter, ambos ex-BC Coura, são os dois reforços do CB Viana para a nova época. Jota já treinou com a equipa vianense no arranque da segunda fase da época finda já que o BC Coura não assegurou a passagem. Valter, atleta de São Tomé, tem um acordo com o clube, estando a sua confirmação apenas dependente do número de atletas estrangeiros autorizado pela FP Basquetebol. De referir que o CB Viana já tem nas suas fileiras o cabo-verdiano Sekouba

CB VIANA JÁ ESTÁ INSCRITO E VAI LUTAR PELA SUBIDA DE DIVISÃO

O CB Viana já tinha anunciado que pretendia dar seguimento à sua luta pela subida de divisão. Apesar do prazo para a inscrição na Fase de Apuramento à I Divisão terminar apenas no dia 30 de junho, o clube vianense já se inscreveu e aguarda agora a divulgação do calendário definitivo dos jogos.

“Estamos a aguardar pela divulgação do calendário final porque o atual pode ser alterado. Há uma reunião marcada para o dia 16 de julho e aí deverá ser divulgado os moldes em que vai decorrer esta fase. Só nessa altura é que se vão tirar todas as dúvidas e saber, por exemplo, qual o número de estrangeiros que se pode inscrever”.

Certo é que “já fizemos a inscrição para a Fase de Apuramento e vamos lutar por aquele que era o nosso objetivo de início de época, que é a subida de divisão”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS