BASQUETEBOL

Jorge Ramôa “muito satisfeito” com trabalho realizado pela Seleção Sub-14

Jorge Ramôa faz um balanço positivo do trabalho realizado pela Seleção Distrital de Sub-14 femininos no fim de semana. A equipa reuniu-se na Póvoa de Lanhoso e trabalhou durante três dias para preparar a Festa do Basquetebol, que se disputa em Albufeira.

Neste regresso ao trabalho “o nosso objetivo foi recapitular o que se aprendeu no estágio de Natal”, disse Jorge Ramôa, que referiu que “verificamos que as atletas retiveram muito do que trabalhamos nessa altura. Defensivamente a equipa está quase no ponto, dentro daquilo que é possível no tempo que trabalhamos. Ofensivamente ainda temos que trabalhar mais um bocadinho”.

JOGOS-TREINO NA AGENDA

A equipa técnica distrital, composta por Jorge Ramôa e Nuno Correia, ainda não tem datas para novos treinos, mas já tem uma ideia do que pretende fazer… “A ideia agora é agendar jogos-treino. Arranjar algum espaço entre a competição delas e nosso para pôr em prática o que aprenderam e afinar o que for possível”.

Jorge Ramôa lembra que “já não temos muito tempo para fazer muito mais, falta um mês para a Festa do Basquetebol”, por isso “agora é tentar dar-lhes algum treino em forma competição”. Até porque “não podemos trabalhar a técnica individual, isso tem de ser feito por elas. Elas têm que reter o que aprendem nos clubes, as técnicas, as regras, etc, e pôr em prática na Seleção”.

“SÃO COMPETITIVAS”

Apesar da Seleção ter tido pouco tempo de trabalho nesta retoma, Jorge Ramôa garante que “estou muito satisfeito” com a entrega delas, com a evolução. Elas são competitivas, conseguem manter-se competitivas em jogo, como pudemos verificar no treino conjunto que fizemos com as Sub-16”.

“Este conjunto de atleta esteve, praticamente, sem competição nos últimos dois anos, devido à pandemia, com paragens e restrições nos treinos, e mesmo assim conseguiram aprender facilmente as regras e conseguem mostrar coisas muito boas. Claro que ainda cometem erros, mas elas percebem isso, têm uma ideia dos erros e isso é meio caminho para os corrigir”.

CONVOCADAS

Daniela Fernandes (ATC)

Ana Sobral, Clara Carvalho, Sofia Gomes e Rita Figueiredo (BC Barcelos)

Carlota Rocha (GDAS)

Francisca Monteiro, Maria Gomes e Laura Gomes (SC Braga)

Joana Morais, Francisca Rodrigues e Mara Silva (Maria Fonte)

Mariana Alves, Carolina Reis e Margarida Mendes (Vitória SC).

Selecionadores: Jorge Ramôa e Nuno Correia

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS