CICLISMO

Paulo Fernandes (ACR Roriz) em grande na Taça de Portugal de Pista

Paulo Fernandes, da Landeiro/KTM/Matias & Araújo/Frulact, foi um dos grandes protagonistas da primeira prova da Taça de Portugal de Pista de 2022, que se realizou no fim de semana no Velódromo Nacional de Sangalhos, na Anadia.

O ciclista da equipa de Roriz impôs-se na categoria de Cadetes, tendo vencido a Corrida por Pontos, com 19 pontos, mais nove que o segundo classificado, e a prova de Scratch, onde foi mais rápido que David Ferreira (PóvoaCA) e o seu colega de equipa Rodrigo Rodrigues.

RÚBEN RODRIGUES (BAIRRADA) SEGUNDO NA CORRIDA POR PONTOS

Na categoria de Juniores, o destaque vai para Rúben Rodrigues. O ciclista de Guimarães que alinha no Bairrada fez segundo lugar na Corrida por Pontos, somando 23 e ficando atrás de João Martins (Póvoa CA/CDC Navais).

Nesta prova de salientar ainda o quarto lugar de Gonçalo Amaral, famalicense que alinha na UC Trofa, do sétimo lugar de João Cunha (Landeiro/KTM/Matias & Araújo/Frulact), enquanto Gabriel Baptista foi oitavo.

GABRIEL BAPTISTA TERCEIRO EM SCRATCH

Gabriel Batista subiu, entretanto, ao pódio na prova de Scratch. O ciclista da ARC Roriz fez terceiro lugar, atrás de Miguel Batista (Bairrada) e do vencedor Francisco Silvestre (ACD Milharado).

Gonçalo Amaral, da UCT, foi quinto classificado, André Ribeiro, do CC Barcelos, terminou a prova em oitavo lugar, enquanto Rúben Rodrigues fez 15.º lugar.

RUI SABINO (UC TROFA) DOMINA EM JUVENIS

Na categoria de Juvenis, Rui Sabino, ciclista de Famalicão que alinha na UC Trofa, não deu hipótese à concorrência e venceu as duas provas.

Em Scratch, o famalicense foi o mais rápido, deixando na segunda posição Guilherme Ribeiro (ACP). Afonso Silva (ACR Roriz) fez terceiro lugar. Francisco Cardoso (CC Barcelos) foi quinto classificado, enquanto o seu colega de equipa João Silva terminou em oitavo lugar.

Na prova dos 500m, Rui Sabino voltou a estar em destaque e liderou a corrida nos momentos cruciais. Afonso Silva foi quinto classiifcado, enquanto Francisco Cardoso e Leandro Martins fizeram top10.

Fotos: Eduardo Campos

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...