CANOAGEM

Darque KC Vice-Campeã Nacional de Slalom

A Darque KC de Viana sagrou-se Vice-Campeã Nacional de Slalom, durante o Campeonato Nacional que se realizou no fim de semana no Rio Tâmega, em Amarante.

O conjunto de Viana do Castelo somou 208 pontos, sendo ultrapassado apenas pelo Águas Bravas Clube, que revalidou o título. A Associação Desportiva de Amarante fez terceiro lugar, com 204 pontos, enquanto a Associação de Mergulho e Actividades Subaquáticas de Vizela (AMAS) classificou-se na sexta posição.

Em termos individuais, Helena Araújo, da DKC Viana, sagrou-se Campeã Nacional de K1 Juniores femininos, enquanto Pedro Brito Moreira Martins foi o vencedor em K1 Cadetes. Gonçalo Passos, também da equipa vianense, ganhou em C1 Infantis.

Nas Patrulhas, Damien Launay, Lucas Jacob e Antoine Launay sagraram-se Campeões Nacionais em C1 Seniores. Em Sub-23 Lucas Jacob fez parte da equipa que venceu em C1 e K1, juntamente com João Monteiro e José Carvalho (ABravasC). O canoísta do clube de Viana do Castelo foi ainda terceiro em K1 Sénior e segundo em C1, enquanto Valéria Araújo subiu ao terceiro lugar do pódio em K1 Sénior feminino.

Em K1, Antoine Launay, Damien Launay e Lucas Jacob fizeram segundo lugar.

Em C2 Sénior Misto, a dupla da DKC Viana composta por Antoine Launay e Valéria Araújo ficaram em segundo lugar, enquanto Gonçalo Passos foi terceiro em K1 Infantil e Alexis Esperança foi terceiro em K1 Júnior.

José Castro foi o mais rápido em K1 Veteranos C, categoria em que a DKC Viana fez terceiro lugar coletivo.

Já o AMAS Vizela venceu a prova de Juniores em Patrulhas, através de Tiago Alves, Rui Pedrosa e Rodrigo Matos. Em C1 Juniores, a vitória foi para Rodrigo Matos.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS