VOLEIBOL

Colégio JPII/Dumiense vence nas Taipas

O Colégio JPII/Dumiense venceu, esta tarde, o CARTaipense, por 2-3, naquele que era o jogo grande da quarta jornada da Zona Norte B do Campeonato Nacional da III Divisão, prova organizada pela Associação de Voleibol de Braga.

Num jogo, como se esperava, muito disputado e equilibrado, o conjunto treinado por Luís André Paço entrou mais forte e venceu os dois primeiros parciais por 20-25 e 17-25.

O CARTaipense nunca baixou os braços e conseguiu mesmo igualar a partida ao vencer os sets seguintes por 25-22 e 25-21. Na ‘negra’ o Colégio JPII/Dumiense foi mais forte, mas teve que de aplicar para somar os dois pontos em jogo (8-15).

Com este resultado, o CARTaipense deixou-se apanhar na liderança pelo AVC Famalicão, equipa que esta tarde recebeu o ADC Perre e ganhou por 3-0, pelos parciais de 25-18; 25-16; 25-16.

VERÓNICA FERTUZINHOS

Verónica Fertuzinhos, treinadora do CARTaipense, considerou, no final do jogo, que a sua equipa entrou bem, mas cometeu alguns erros que permitiu a vantagem ao adversário…

“A equipa entrou bem no jogo, bastante assertiva, contudo, tivemos uma sucessão de erros que fez com o adversário alcançasse uma vantagem confortável e tivesse levado a melhor no primeiro set”, disse a treinadora do CARTaipense, que salientou que “no segundo set a história repetiu-se por isso a perda dos dois primeiros sets é totalmente responsabilidade nossa”.

Nos dois sets seguintes o CARTaipense entrou de forma diferente… “entramos mais conscientes, estivemos quase sempre por cima do jogo, conseguimos ter mais consistência no serviço e fomos felizes no resultado”.

Já no set final: “o adversário serviu bem e nós cometemos muitos erros da receção e demos uma vantagem de três ao Colégio, que nos perseguiu durante grande parte do set e que ditou o resultado final”.

“Apesar do sabor agridoce com que ficamos depois de termos estado a perder 2-0 e termos recuperado dois sets, posso dizer que foi um jogo bem conseguido e será o mote para trabalhar para o próximo encontro”.

LUÍS ANDRÉ PAÇO: “CONSEGUIMOS O MAIS IMPORTANTE”

“Conseguimos o mais importante que era a vitória”, disse Luís André Paço, treinador da recém-criada equipa Sénior feminina do Colégio JPII/Dumiense, no final da partida com o CARTaipense.

Luís André Paço salientou que “foi um jogo bem disputado de parte a parte. Nós fomos superiores no primeiro e no segundo set, mas quebramos no terceiro set e o CARTaipense, apoiado pelo seu público, galvanizou-se e conseguiu mesmo levar a decisão do jogo para a ‘negra’”.

O treinador da equipa de Dume referiu que “fugimos um bocado do que tínhamos delineado e a partir de determinada altura jogamos mais com o coração do que com a cabeça”.

“Deixamos fugir os três pontos, mas conseguimos assegurar a vitória que é o mais importante e é o primeiro fator de desempate”, referiu Luís André Paço.

SC BRAGA BATE AVC FAMALICÃO EM CADETES

Em Cadetes, o SC Braga recebeu e bateu o AVC Famalicão, por 3-0. A equipa de Rui Oliveira venceu pelos parciais de 25-21; 25-12 e 25-13.

Com este resultado, o SC Braga manteve o comando da prova, com oito pontos, os mesmo que o Vitória SC, que hoje ganhou ao CARTaipense por 0-3.

RESULTADOS

Infantis

Vitória SC – SVR Benfica, 3-1

Iniciados

Vitória SC – Colégio JPII/Dumiense, 3-0

Cadetes

CA Bragança – VC Viana, 3-0

CARTaipense – Vitória SC, 0-3

SC Braga – AVC Famalicão, 3-0 (25-21; 25-12 e 25-13)

Juvenis

AD Esposende – Colégio JPII/Dumiense, 1-3

Juniores A

VC Viana – Academia Vila Real, 3-0

Seniores

AVC Famalicão – ADC Perre, 3-0 (25-18; 25-16; 25-16).

CARTaipense – Colégio JPII/Dumiense, 2-3 (20-25; 17-25: 25-22; 25-21; 8-15)

PROGRAMA DE JOGOS

Domingo

Infantis

16h: Os Valpacinhos – Escola Lamaçães

Iniciados

14h: SC Vila real – SC Braga

Cadetes

SVR Benfica – Colégio JPII/Dumiense

Juvenis

16h: SC Braga – ADC Perre

Juniores A

11h: SVR Benfica – Vitória SC

17h: AVC Famalicão – Colégio JPII/Dumiense

Seniores

17h: AD Esposende – CD Monserrate

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS