BASQUETEBOL

Entusiamo e entrega marcaram Concentração do GDAS

Entusiasmo e entrega marcaram a Concentração de Sub-12 do Grupo Desportivo André Soares, que se realizou no domingo de manhã e contou com a presença cinco equipas.

Os jovens ‘craques’ do GDAS, BC Barcelos, ATC, Famalicense e Ribeirão deram uma cor e ânimo interessante ao pavilhão da Escola André Soares. O Ribeirão destacou-se ao vencer os três jogos que disputou, num torneio que correu dentro das expetativas…

“Foi uma concentração que correu muito bem. Em termos desportivos o Ribeirão destacou-se um bocadinho, em particular nas meninas. Em termos organizativos também correu tudo bem, dentro das expetativas”, começou por referir Alexandre Oliveira, coordenador técnico do Grupo Desportivo André Soares.

Aquele responsável considera que “forma cumpridos os horários, as equipas fizeram o seu papel e nós proporcionamos condições iguais para todas as equipas”.

Alexandre Oliveira considera que “é cada vez mais importante organizarmos estas concentrações no nosso recinto. Podemos não ter as melhores condições do mundo, mas é o nosso recinto e é para todos os escalões”.

O Grupo Desportivo André Soares conta com uma equipa de cerca de 25 atletas no Minibasquete, número que tende a subir com o desenrolar da época…

“Em relação aos Sub-12 não tivemos tanta adesão como prevíamos. A maior adesão foi no escalão de Sub-8 e Sub-10”, disse Alexandre Oliveira, que se mostrou “feliz por podermos estar, em simultâneo, em duas concentrações este fim de semana. Marcamos presença na nossa em Sub-12 e na do FamaBasket em Sub-10 e conseguimos dar resposta às duas”.

Para Alexandre Oliveira o facto da “equipa de Sub-12 trabalhar em conjunto com os Sub-14” pode estar na base da pouca adesão, mas “penso que será uma questão de tempo e quando tiverem um espaço próprio para eles será mais fácil de cativar os atletas”.

Como tem sido a evolução deles até aqui? “Nota-se já uma certa evolução. Então em relação às meninas estamos muito satisfeitos”.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS