ATLETISMO

Mariana Maciel, Francisco Silva e Ana Marinho no pódio no Corta-Mato Cidade de Amora

Mariana Maciel, Francisco Silva e Ana Marinho, da Escola de Atletismo Rosa Oliveira, estiveram em destaque no 31.º Corta-Mato Cidade de Amora, que decorreu no Seixal no fim de semana.

Mariana Maciel cortou a meta na segunda posição no escalão de Infantis, enquanto Francisco Silva foi segundo em Juvenis. Ana Marinho também subiu ao pódio ao fazer terceiro lugar na escalão Júnior.

A EARO, que conquistou este ano a sua melhor classificação de sempre nesta prova, viu ainda a Juvenil Ana Faria terminar na quarta posição, enquanto Cátia Silva terminou na 16.ª posição.

No sector masculino, para além de Francisco Silva, marcaram presença na prova de Juvenis João Rodrigues que alcançou o sexto lugar, Leandro Gonçalves foi oitavo e João Azevedo em 13.º. No escalão de Juniores participou Rui Oliveira e fez sétimo lugar.

Em termos coletivos a EARO conquistou o terceiro lugar.

 

EARO EM TERCEIRO NO CORTA-MATO ABERTURA

 

A EARO marcou ainda presença no Corta-Mato de Abertura da Associação de Atletismo do Porto, que se realizou em Marco de Canaveses, e conquistou o terceiro lugar coletivo nas Camadas Jovens.

Os atletas e os resultados obtidos pela EARO são os seguintes:

Benjamins A: 4.º Luís Neto. Beatriz Silva;

Benjamins B: Tomás Ramos e Hugo Vaz;

Infantis: 3.º Mariana Martins; 4.º Rafaela Araújo; 5.º Leonor Gonçalves; 6.º Ana Silva. Participaram ainda Luísa Castro e Mariana Rodrigues

1.º Tiago José Silva.

Iniciados: 5.º Maria Machado.

6.º Gonçalo Rodrigues.

Juvenis: 6.º Maria Baltar. Ana Neto; Pedro Castro.

Participaram ainda no escalão de Veteranos: Liliana Santos, que fez sexto lugar, e Rui Ramos, que foi quarto) e Rui Martins, sétimo.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS