ATLETISMO

IPVC aponta às finais nos CNU’s de Pista ao Ar Livre

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) aponta às finais no Campeonato Nacional Universitário de Atletismo Pista Ar Livre, que decorre este fim de semana, no Estádio Municipal Manuela Machado, em Viana do Castelo.

Apresentando uma equipa ligeiramente diferente dos CNU’s de Pista Coberta, o IPVC apresenta-se, no entanto, com o mesmo objetivo: chegar às finais.

“A equipa deste ano é muito semelhante à que nos representou na Pista Coberta (em dimensão), com duas ausências importantes e com duas estreias. Desta vez não devemos poder contar com a Celina e o Bruno que competiram na Pista Coberta (e foram medalhados)”, começou por afirmar Joel Maltez, treinador da equipa de Atletismo do IPVC.

Aquele responsável salientou que “continuamos com um conjunto coeso e com potencial para surpreender. Estamos na fase de transição da Pista Coberta para a Pista ao Ar Livre no que respeita ao Atletismo federado, o que poderá revelar momentos de forma ainda baixos, mas é um fator transversal a todos pelo que há igualdade de circunstâncias”.

Afirmando que “nós temos a vantagem de ‘jogar em casa’” Joel Maltez, confirmou que “as finais (os oito primeiros) são o principal objetivo e claro, se ‘pintar’ uma medalhinha a alguém, seria fantástico”.

Para o Campeonato Nacional de Pista ao Ar Livre, Joel Maltez conta com os seguintes atletas:

Mário Fernandes, estreante que vai competir nos 5000m e nos 400m;

Gonçalo Carvalho, estreante que vai disputar os 5000m ;

Catarina Arieira, vai participar nos 1500m e nos 800m;

Eduardo Silva, vai competir mos 110m Barreiras, Salto em Comprimento, Triplo Salto e Estafeta 4×100 m;

Duarte Ferreira, vai disputar os 100m, os 200m e a Estafeta 4×100 m;

João Fernandes, vai competir em Salto em Comprimento, Salto em Altura, Triplo Salto, e Estafeta 4×100 m;

Lara Rego, vai participar nos 100m Barreiras, 100m e Salto em Comprimento;

Renildo Furtado, vai participar nos 400 m Barreiras e nos 400m.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...