CICLISMO

João Salgado (Kelly): “foi uma época positiva”

“Foi uma época positiva” foi assim que João Salgado, ciclista de Guimarães que alinha na Kelly/Simoldes/UDO, começou por abordar a época que agora termina.

O ciclista de Guimarães, que domingo deu umas pedaladas no 4.º BTT XCO Tesouros do Ave –  “para matar saudades e passar tempo com os amigos” – já se encontra de ‘férias’ no Ciclismo depois de uma época exigente e feita, sobretudo, em prol da equipa…

“Consegui dar um contributo importante à equipa, apesar de não ter conseguido estar ao nível que desejava”, disse João Salgado.

“HOUVE UM CONJUNTO DE PROVAS QUE ME AGRADOU”

Qual foi a prova que mais gostaste de fazer? “Houve um conjunto de provas que me agradou e em que fiquei satisfeito com a minha prestação”, referiu o ciclista vimaranense, que adiantou que “a Clássica das Aldeias do Xisto é uma prova que gosto bastante e que me agradou muito este ano. Acho que consegui ter um desempenho bastante positivo que me trouxe alguma confiança, apesar do resultado final ter sido modesto”.

“Depois os Campeonatos Nacionais e a Volta a Portugal do Futuro foram corridas só com Sub-23 em que partimos para ganhar e nas quais eu consegui ter um papel importante e um bom rendimento no auxílio aos meus colegas de equipa, que conseguiram resultados positivos no final”, referiu.

João Salgado salientou ainda que “depois vieram a Volta ao Alentejo e, principalmente, a Volta ao Algarve, que era uma corrida que ainda não tinha tido oportunidade de correr e queria muito poder viver essa experiência… Infelizmente devido a alguns problemas não a consegui aproveitar da maneira que gostava, mas foi, sem dúvida, uma experiência muito importante”.

SONHO DA VOLTA A PORTUGAL ADIADO

Faltou a Volta a Portugal? “A Volta a Portugal é especial para qualquer um de nós, principalmente, para quem nunca a correu e quer muito marcar presença. Depois do que se passou no ano passado, este ano era algo que eu queria muito”, mas “infelizmente não consegui estar a um nível que me permitisse fazer parte dos sete escolhidos para estar na linha de partida da Volta a Portugal”.

Foi esse o lado menos positivo da época? “Não sei se esse será o nome mais indicado… mas foi o objetivo, o desejo que ficou por cumprir”.

Com a época terminada é altura de preparar o futuro. João Salgado salientou que “o futuro ainda é um pouco incerto”, mas referiu que “ficará resolvido em breve”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS