BASQUETEBOL

Jorge Henriques: “Telmo Pereira merece esta convocatória e este reconhecimento”

“Foi com enorme satisfação que recebemos esta notícia da convocatória do Telmo Pereira para o Campus de Sub-14 Masculinos”, foi assim que Jorge Henriques, coordenador da secção de Basquetebol do Maria Fonte, começou por abordar a chamada daquele que é o primeiro atleta masculino do Maria da Fonte a ser chamado para os trabalhos das Seleções Nacionais.

Telmo Pereira, que está no seu primeiro ano de Sub-14, foi convocado para integrar o Campus de Observação, que vai realizar-se na próxima semana na Covilhã.

NO BASQUETEBOL DESDE OS SEIS ANOS

Jorge Henriques referiu que “o Telmo é um atleta ainda de primeiro ano de Sub-14, mas já com sete anos de prática na modalidade. Começou muito novo connosco, tinha seis anos quando começou o seu percurso no Clube. Tem evoluído consideravelmente, juntamente com os seus colegas de equipa, e, sem dúvida, merece esta convocatória e este reconhecimento”.

“Estamos a falar de um atleta com 13 anos de idade, feitos já no decurso de 2021, e já com sete anos de prática…”, salientou aquele responsável.

“É UM GRANDE ORGULHO PARA NÓS…”

Jorge Henriques afirmou que “É um grande orgulho para nós, Clube, começarmos também a ser reconhecidos no trabalho realizado no masculino e estamos extremamente felizes por ele e por podermos proporcionar-lhes mais esta boa experiência”.

Esta convocatória pode servir de incentivo para o grupo e até mesmo para o Maria da Fonte cativar mais atletas masculinos para o Basquetebol? “Sim sem dúvida. Desta vez foi o Telmo, mas estou convicto que outros lhe seguirão, pois, e só fica admirado quem não conhece o grupo, há vários atletas da idade do Telmo que também têm valor para este reconhecimento e serão, sem dúvida, mais valias num futuro próximo para as diversas seleções”.

Fotos: José Victor Martins e Eurico Rocha

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS