BASQUETEBOL

APD Braga na final da Taça de Portugal

O APD Braga está na final da Taça de Portugal de Basquetebol de Cadeiras de Rodas. Na meia-final, disputada, esta tarde, a equipa bracarense bateu a APD Leiria, por 65-32.

O jogo começou equilibrado e ao intervalo o APD Braga vencia por 22-14. No segundo tempo, o conjunto treinado por Ricardo Vieira esteve mais assertiva e ganhou por 43-18, confirmando a vitória por 65-32.

No final do jogo, Manuel Vieira, responsável pelo APD Braga, considerou que “foi uma vitória difícil” e referiu que “nunca há jogos fáceis. O primeiro tempo foi de equilíbrio, mas para o segundo tempo ajustamos a equipa, acertamos pormenores na defesa e no ataque. Conseguimos evitar que o adversário avançasse no terreno e fomos recuperando a bola e marcando”.

Manuel Vieira salientou que “a equipa teve de trabalhar mais, de esforçar-se mais para conseguir que que o adversário não se organizasse e depois utilizou a sua arma, que é o contra-ataque e hoje os postes estiveram muito bem”.

Agora: “vamos descansar porque o corpo precisa de descanso. Saímos muito cedo de Braga para marcar presença nesta ‘Final Four’. Daqui a pouco seguimos para o local aonde vamos ficar instalados, que ainda é distante daqui, e tentar recuperar o melhor possível”. Até porque “temos uma final para disputar e queremos ganhar”.

Aquele responsável lembrou que “a APD Braga tem os seus pergaminhos, tem conseguido vencer nos últimos anos e esta época a meta é a mesma: ganhar. Temos uma mentalidade ganhadora”, mas “sabemos que, seja qual for o adversário, eles também vão querer ganhar, não vieram cá para o passeio”.

Na final, marcada para as 15 horas de amanhã, o APD Braga vai defrontar o FC Gaia, que venceu o APD Sintra por 55-37

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS