BASQUETEBOL

GDAS na luta pelo título de Sub-21

“Nós entramos em todos os jogos com o objetivo de dar o nosso melhor e lutar pela vitória, esta final não é diferente”, disse Alexandre Oliveira, treinador da equipa de Sub-21 do Grupo Desportivo André Soares, que este sábado disputa, a partir das 15 horas, frente ao Famalicense o título de Campeão Distrital de Sub-21 da Associação de Basquetebol de Braga.

Em Braga o jogo está a ser encarado com otimismo. Alexandre Oliveira garante que “estamos preparados para fazer o nosso trabalho, que esperamos seja melhor que o do adversário”.

“Sei o valor dos nossos atletas e só queremos que sejam iguais a eles próprios”, referiu aquele treinador, que não pode contar com toda a equipa… “temos algumas baixas devido ao autoisolamento para os exames do 12.º ano”, mas “vamos com uma equipa equilibrada”.

“É COM ORGULHO E AMBIÇÃO QUE VAMOS ESTAR PRESENTES NA FINAL”

Para Alexandre Oliveira é muito importante marcar presença nesta final de Sub-21… “Sendo um dos poucos momentos altos da Associação de Basquetebol de Braga, é com muito orgulho e ambição que vamos estar presentes nesta final. O objetivo do clube é estar presente nestes momentos para enriquecer a experiência dos nossos atletas”.

Alexandre Oliveira assegura que “estamos confiantes e motivados para esta final”, e garante que a equipa não está cansada apesar da época estar a ser longa… “cansaço é mais nosso, pois todos os dias encontramos condicionantes diferentes. Os atletas não estão cansados, mas antes ambiciosos”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS