CICLISMO

Ricardo Soares (Bike House) e António Sousa (Terras Bouro) dominam em Masters no ‘Capital do Móvel’

Ricardo Soares, da Bike House DH team/Guimarães, e António Sousa, do BTT Enduro Terras de Bouro, estiveram em destaque nas provas de Masters do 3.º DHI Capital do Móvel, que se realizou domingo no Monte Pilar, em Penamaior, Paços de Ferreira.

Ricardo Soares impôs-se com alguma facilidade em Master 40, tendo vencido as duas mangas. Na final o vimaranense fez o tempo de 1:58:106, deixando o segundo classificado, João Pereira (BTT Pandilhas a Monte) a mais de quatro segundos. O Campeão do Minho em título António Cunha (Desportivo Jorge Antunes) terminou na terceira posição.

João Gomes (Terras Bouro), e Paulo Abreu, vimaranense que alinha na AXPO/Firstbike Team/Vila do Conde, terminaram no top5.

Em Master 50, António Sousa, do BTT Enduro Terras de Bouro, foi o mais rápido nas duas descidas. Na final fez o tempo de 2:26:780. José Queirós (BTT Pandilhas as Monte) foi segundo, gastando mais 16 segundos, enquanto o vizelense Augusto Pedrosa (Desportivo Jorge Antunes) classificou-se em terceiro.

Em Master 30 a vitória ficou em casa. Manuel Bessa (BTT Pandilhas a Monte) esteve imparável na descida final, realizou o tempo de 1:55:507m e subiu ao mais alto lugar do pódio. Na segunda posição ficou o seu colega de equipa (e irmão) Pedro Bessa, enquanto Vítor Soto Maior foi terceiro.

JOSÉ QUEIRÓS: “BALANÇO É MUITO POSITIVO”

José Queirós, Presidente da Associação de BTT – Pandilhas a Monte de Carvalhosa, fez um balanço muito positivo da terceira edição do DHI Capital do Móvel.

“O balanço é muito positivo. A pista é nova e não sabíamos como iria ser a reação, mas a reação dos ciclistas foi positiva e só lamento não podermos ter aqui os atletas espanhóis, que, normalmente, dão uma grande animação à prova. De resto correu tudo bem, houve apenas uma queda sem grandes consequências e todos saíram satisfeitos”.

José Queirós salientou que mais complicado foi organizar a prova: “somos quatro pessoas na organização sempre a trabalhar, todos os dias a tratar da prova, dos papéis, a tentar resolver as exigências…mas eu gosto disto e o importante é que se realizou a prova e correu tudo bem”.

Para o presidente do BTT Pandilhas a Monte, clube que se orgulha de ser dos mais números de Downhill, hoje faltou apenas “a vitória coletiva… era o que eu mais desejava para esta prova, mas voltamos a ficar em segundo”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS