BASQUETEBOL

Tânia Gomes: “jogar com a máxima entrega e lutar por cada bola”

“O nosso pensamento é jogo a jogo e para já estamos a pensar no Vasco da Gama”, foi assim que Tânia Gomes, ‘capitã’ da equipa Sénior Feminina do BC Barcelos começou por abordar a Final 4, que se realiza no fim de semana no Pavilhão de Lamaçães, em Braga.

O BC Barcelos mede forças com o Vasco da Gama no sábado, a partir das 17.30 horas e tem de vencer para marcar a presença no jogo que dá acesso à subida de divisão… Tânia Gomes garante que “estamos a preparar o jogo o melhor possível. Sabemos que vamos encontrar dificuldades como em todos os jogos, mas vamos trabalhar para termos mais dois jogos. O primeiro logo no domingo contra o vencedor do outro jogo desta Final 4 e depois queremos marcar presença no jogo contra o vencedor da zona sul”.

 

“DEPENDEMOS SÓ DE NÓS”

 

Afirmando que “sabemos que esta luta está apenas nas nossas mãos e dependemos só de nós”, Tânia Gomes referiu que “estamos na fase do tudo ou nada e nós vamos lutar para marcar presença nas fases de decisões”.

Como está a equipa? “Isto era algo que queríamos muito e, por isso, estamos muito motivadas e confiantes no nosso trabalho”, disse a ‘capitã’ do BC Barcelos, que sobre a semana de trabalho referiu que “o fim de semana é continuidade de uma semana de trabalho e nesta fase todos os jogos são finais e todos os treinos são de intenso trabalho”.

 

“É ALGO QUE QUEREMOS MUITO E A EQUIPA MERECE”

 

Com o aproximar do dia do jogo, Tânia Gomes sente a equipa mais ansiosa… “Estarmos ansiosas é normal porque é algo que nós queremos muito e que a equipa merece, o que nos da mais vontade de jogar e fazer o que temos vindo a fazer jogar com a máxima entrega e lutar por cada bola”.

Quanto à equipa adversária, a ‘capitã’ do BC Barcelos garante que “temos feito o nosso trabalho de casa e sabemos o que vamos encontrar. O Vasco da Gama é uma equipa muita física e com muita experiência”, mas “nós estamos confiantes no nosso valor… E aconteça o que aconteça vamos deixar tudo de nós dentro de campo. Acima de tudo confiamos em cada colega de equipa e na nossa equipa técnica”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS