CICLISMO

Pedro Miguel Lopes: “quero alcançar um bom resultado”

Pedro Miguel Lopes, ciclista de Guimarães que se encontra ao serviço da Seleção Nacional de Sub-23, concluiu esta manhã em 48.º lugar o prólogo de 3,4 quilómetros, da Corrida da Paz, prova inserida na Taças das Nações de Sub-23, que decorreu na cidade de Jeseník, na República Checa.

O ciclista vimaranense considera que “o prólogo correu bem”, seguem-se agora “três etapas todas elas diferentes umas das outras” e em que o objetivo passa por “ajudar a Seleção a atingir as suas metas. Claro que gostava de tentar alcançar um bom resultado”.

Depois do prólogo, disputado esta manhã, corre-se amanhã a primeira etapa, que arranque de Jeseník e termina em Rýmařov, depois de percorridos 131,4 quilómetros, numa chegada mais propícia a sprinters…

Pedro Miguel Lopes já fez o reconhecimento do percurso e considera que “é muito rápido, vai ser um dia intenso”.

O ciclista de Guimarães, que ainda recentemente venceu o GP Açores, parte confiante para esta Corrida da paz… “não sei bem como me encontro, mas penso que estou numa boa forma. Sinto-me preparado e um pouco nervoso…mas vou dar o meu melhor pelos objetivos da Seleção Nacional”.

De referir que no prólogo, que marcou o regresso da Seleção portuguesa a este Circuito Internacional, após um ano de interregno, devido à pandemia, o melhor ciclista luso foi Miguel Salgueiro ao terminar na 46.ª posição. Fábio Costa, ciclista que passou pelo CC Barcelos, terminou em 47.º e Pedro Miguel Lopes, em 48.º. Diogo Barbosa concluiu na 75.ª posição, Afonso Silva na 82.ª e Fábio Fernandes, vencedor da Taça do Minho de Juniores em título, na 97.ª.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS