BASQUETEBOL

José Alves Aldana: “orgulhoso com o trabalho e capacidade de superação dos atletas”

“Para o que falta de temporada, pedi aos meus atletas muito trabalho e dedicação e a resposta deles tem sido excelente. Estou orgulhoso com o trabalho, capacidade de superação demonstrado por eles nos treinos”, disse José Alves Aldana, treinador do BC Limiense, clube que milita no Campeonato Nacional da II Divisão masculina de Basquetebol.

O BC Limiense teve uma retoma de treinos muito positiva: “retoma foi boa”, garantiu José Alves Aldana, que salientou que “o recuperar de sensações, voltar a ver a bola de basket no pavilhão é uma imagem excelente”.

O conjunto de Ponte de Lima já realizou dois jogos, em ambos os casos com equipas que aspiram à passagem à segunda fase – José Régio e GDAS – e José Alves Aldana gostou da resposta dos seus atletas…

“No que diz respeito aos jogos, aquilo que eu falei com os meus atletas é que o objetivo seria disputar e lutar pelo resultado em todos os jogos. Já realizamos dois jogos, contra equipas candidatas a ficarem no segundo lugar e nos dois jogos demonstrámos o nosso valor e qualidade”, disse aquele treinador, que acrescentou que “contra o José Régio conseguimos equilibrar e causar dificuldades até o último quarto. Nos últimos três minutos perdemos a consistência que tivemos nos restantes 37 minutos de jogo”.

Frente ao GDAS: “no último fim de semana, foi um jogo épico. Mais uma vez um jogo equilibrado, onde houve emoções à flor da pele e muito entusiasmo. Conseguimos ter alguma vantagem pontual, mas o GDAS conseguiu empatar o jogo e fomos a prolongamento. No prolongamento, o GDAS acabou por ser mais feliz”.

Pela frente o BC Limiense tem mais três jogos: “nos jogos que faltam vamos entrar com o mesmo empenho e atitude que tivemos nos últimos jogos”, garante José Alves Aldana.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS