CICLISMO

Iúri Leitão “foi o melhor ano da minha carreira”

Iúri Leitão faz um balanço extremamente positivo da época finda. Apesar de todas as contingências, suspensões e adiamentos das competições, o ciclista de Viana do Castelo teve um ano brilhante na Pista, que culminou com a conquista do título de Campeão Europeu de Scratch.

“2020 estava a ser um ano muito pouco positivo até agora ao final, mas acabou por ser o melhor ano da minha carreira até agora” começou por referir o ciclista, que fez a sua formação na Tensai/Sambiental/Santa Marta.

IÚRI LEITÃO BRILHOU EM ITÁLIA E BULGÁRIA

Iúri Leitão, que já tinha brilhado no ‘Europeu’ de Sub-23, que decorreu em outubro em Itália, ao conquistar três títulos de Vice-Campeão da Europa (Corrida por Pontos, Scratch e Eliminação), voltou a estar em alta na Bulgária, onde decorreu o Campeonato da Europa de Pista de Elites e subiu por três vezes ao pódio: Vice-Campeão de Eliminação, Campeão Europeu de Scratch e foi terceiro em Omnium.

De referir que Iúri Leitão já tinha estado em evidência, no início do ano, no Campeonato Nacional de Pista ao sagrar-se Campeão Nacional de Scratch e sido Vice-Campeão Corridas por Pontos e na Eliminação, entre outros resultados de destaque ao serviço da Seleção Nacional.

Iúri Leitão diz-se “muito satisfeito por aquilo que consegui, essencialmente, nesta parte final da época”, mas garante que “ainda não me habituei ao título de Campeão Europeu… nem sei quando me vou habituar, acho que só quando correr como Campeão da Europa mesmo”.

EMOÇÕES? “CONSEGUI GERIR BEM A SITUAÇÃO”

Como foi gerir as emoções durante o Campeonato da Europa? “Foi bastante fácil na verdade, embora não fosse algo que eu estivesse à espera, acho que consegui gerir bem a situação. Estava concentrado em lutar por todas as provas até ao fim”, disse Iúri Leitão, que lembrou que “pode parecer estranho, mas quando fui Campeão da Europa, saí da pista junto do selecionador e disse-lhe: ‘agora temos de recuperar o melhor possível porque amanhã temos o Omnium e vai ser muito duro’”.

“Só quando terminou o ‘Europeu’ é que fiz um balanço de tudo o que tinha acontecido e tenho tentado assimilar tudo”, referiu o ciclista vianense.

REGRESSO AOS TRABALHOS DE PREPARAÇÃO

Iúri Leitão regressou a semana passada aos trabalhos de preparação tendo em vista a nova temporada e salienta que “os treinos estão a correr bem, sinto-me bem e motivado para trabalhar para 2021”.

Iúri Leitão, que na última temporada alinhou pelo GD Supermercados Froiz, mas vai abraçar um novo projeto, diz-se confiante para a nova época… “estou a encarar a nova temporada tranquilamente. Quero fazer a minha preparação da melhor forma para estar no meu melhor tanto na Estrada como na Pista”.

E quanto a objetivos? “Apenas dar o melhor de mim, ajudar a minha equipa da melhor forma e dar o máximo pelo meu país. Quanto a resultados, não tenho nada em concreto, quero apenas desfrutar”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS