VOLEIBOL

Óscar Barros deixa Vitória SC

Óscar Barros já não é o treinador do Voleibol feminino do Vitória SC. O técnico é acompanhado na saída pelo adjunto Rui Oliveira e o preparador físico Francisco Costa e já não esteve à frente das equipas Sénior e de Sub-21 esta semana.

Óscar Barros estava no Voleibol Feminino há mais de dois anos e sai numa altura em que a equipa de Sub-21 lidera o Campeonato Nacional de Juniores B e a equipa Sénior ocupa o meio da tabela classificativa, somando nove pontos em sete jogos realizados, do Campeonato Nacional da I Divisão.

De referir que a equipa principal é constituída por cerca de 60 por cento de atletas formadas no clube com uma média de 22 anos.

Num post publicado no Facebook, Óscar Barros referiu apenas que “os contextos nunca são lineares e as dificuldades e diferenças são às vezes inultrapassáveis”.

Óscar Barros aproveita, no mesmo post, para agradecer o apoio e a colaboração de várias pessoas nesta sua passagem pelo Vitória SC, deixando uma palavra ao grupo de trabalho: “Quanta Dedicação…Tanta Paixão…Tanta Cumplicidade… Um dos melhores grupos que tivemos o privilégio de liderar, temos um ORGULHO no vosso desempenho impossível de definir por palavras e que só se entende quando estamos todos juntos, estareis todas e para sempre, nas nossas memórias e nos nossos corações”.

Óscar Barros termina o post de despedida “desejando todo o sucesso à secção de Voleibol do Vitória Sport Clube e aos nossos sucessores. O Vitória Sport Clube é uma instituição ímpar e de Dimensão Nacional que MUITO nos orgulhamos de ter representado e sempre respeitaremos. Muito obrigado por terem confiado no nosso trabalho”.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS