BASQUETEBOL

SC Braga com ‘alma’ bate GDB Leça

O SC Braga recebeu e bateu, esta manhã, o GDB Leça, por 78-75, num jogo com um final emocionante.

A partida da sexta jornada do Campeonato Nacional da I Divisão masculina de Basquetebol, prometia muita emoção. Desde logo porque estavam em campo duas equipas que estão apostadas em subir à Proliga. O Leça já tinha vencido em Braga, este ano, para a Taça de Portugal e até entrou melhor no jogo, aproveitando alguma desconcentração inicial dos bracarenses. Com o desenrolar do primeiro quarto o Leça mostrou-se sempre mais eficaz e acabou por vencer por 11-17.

O SC Braga tentou reagir e foi-se aproximando no marcador. Os pupilos de Pedro Grenha conseguiram, por várias vezes, reduzir a desvantagem, que nesta altura chegou a ser de 10 pontos. Ao melhor jogo do SC Braga, os forasteiros iam respondendo com pontos, a maior parte deles conseguidos como resultado das faltas que iam ‘sacando’ aos bracarenses e mantinham-se na frente do marcador, 21-26.  O intervalo chegou com os homens de Leça na frente, 32-43.

O intervalo foi bom para o SC Braga. A equipa entrou a pontuar e mostrou-se uma mais segura de si, muito solidária e foi conseguindo pontuar. No final registou-se um empate a 19 pontos. À entrada para o quarto e último período o SC Braga perdia por 51-62, mas isso não abalou a equipa, tal como não mexeu com os atletas a exclusão do banco de Pedro Grenha. A verdade é que no último quarto o SC Braga mostrou-se mais forte, mais coeso, conseguia pontuar e anular os lances do adversário. Aos poucos foi anulando a desvantagem e foi acreditando. A seis minutos do fim da partida estava a perder por um ponto, mas com meio período jogado já estava a ganhar: 71-68.  A partir daí não deu mais hipóteses ao GDB Leça. Venceu o período por 27-13 e ganhou a partida por 78-75, mostrando a sua ‘alma guerreira’…

PEDRO GRENHA: “VENCEMOS ESTE JOGO PORQUE NÃO DESISTIMOS”

No final, Pedro Grenha, treinador do SC Braga, referiu que “vencemos este jogo porque não desistimos, porque quisemos continuar a lutar e porque temos trabalhado consistentemente para poder melhorar e construir uma boa equipa”.

“É verdade que entramos no jogo com alguma intranquilidade e a equipa demorou a encontrar o seu registo, mas fomos guerreiros e isso permitiu disputar o jogo até ao final”, disse Pedro Grenha, que adiantou que “queremos fazer melhor e ser consistentes mais tempo durante o jogo. É para isso que vamos trabalhar!”.

Pedro Grenha, que acabou excluído do banco, salientou a união da equipa: “hoje não foi possível ficar com a equipa presencialmente até ao final, mas felizmente temos uma equipa técnica completa e com muita competência, eles foram determinantes. Apesar de não estar no campo, pude assistir à união da equipa em prol de um objetivo e isso foi o que se passou de mais importante hoje em Braga. Seguimos juntos!”.

Com este resultado, o SC Braga está no grupo dos primeiros classificados com 10 pontos em seis pontos e na próxima jornada desloca-se ao recinto do Famalicense.

BC BARCELOS, FAMALICENSE e CB VIANA DERROTADOS

O BC Barcelos e Famalicense não foram felizes na sexta jornada da CNB1, disputada hoje de manhã e saíram derrotados dos seus jogos.

O BC Barcelos jogou no recinto do Guifões, única equipa que ainda não conhece o sabor da derrota, e perdeu por 73-60.

O BC Barcelos, como é habitual, até entrou bem e venceu o primeiro período por 17-23, mas não conseguiu travar a resposta dos locais e perdeu o segundo quarto por 23-13, chegando ao intervalo a perder por 40-36.

No segundo tempo, o jogo começou equilibrado, com o Guifões a ganhar por 16-15. Esperava-se uma resposta mais forte no BC Barcelos no último período, mas foram os da casa a mandar na partida (17-9), acabando por somar a quinta vitória em outros tantos realizados, o que lhe permite liderar a classificação com 10 pontos.

Na próxima jornada o BC Barcelos recebe o CAB Madeira.

Já o Famalicense deslocou-se ao recinto do FC Porto B e perdeu por 83-63, permitindo aos portistas somar a sua primeira vitória. A equipa treinada por Armando Andrade até nem entrou mal e venceu o primeiro período por 18-21. Desde aí o FC Porto B foi sempre superior e venceu os períodos seguintes:16-10; 22-15; 27-17.

O Famalicense, que na próxima jornada recebe o SC Braga, ocupa a quinta posição, com sete pontos em cinco jogos.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS