CANOAGEM

Darque KC com balanço positivo do ‘Nacional’ de Esperanças

A Darque Kayak Clube faz um balanço positivo da sua participação no Campeonato Nacional de Esperanças, que se realizou no sábado no CAR de Montemor-o-Velho.

O grande destaque vai para Maria Enes que se sagrou Campeã Nacional de Esperanças em K1 Infantil feminino. A atleta de Viana do Castelo, que já possuiu vários títulos de Campeã Nacional quer em Águas Lisas, quer nas Águas Bravas, venceu o Campeonato Nacional e também a categoria B arrecadando duas medalhas de primeiro lugar.

A Darque KC, que levou 20 dos 36 atletas a que se tinha proposto, conseguiu outros bons resultados, “garantindo assim o oitavo lugar na classificação coletiva, uma subida de dois lugares relativamente ao ano passado. Mesmo cumprindo o confinamento que nos prejudicou em dois meses de treino em desigualdade com muitos outros, conseguimos um bom resultado e subimos na classificação coletiva”.

RESULTADOS

Os resultados conquistados pela Darque KC são:

Maria Enes: 1.º K1 Infantil feminino absoluto, Maria Enes 1.º K1 Infantil feminino B,

Eva Vieira: 6.º K1 menor

Adriana Jooris: 19.º K1 menor,

Daniela Silva: 8.º C1 Cadete,

João Novo: 12.º C1 Infantil,

Miguel Ricardo: 17.º C1 Cadete,

Gonçalo Passos: 25.º K1 Infantil,

Ricardo Veloso: 30.º K1 Infantil,

Duarte Marques: 29.º K1 Infantil,

Marta Jooris: 32.º K1 iniciado,

Gustavo Marinho: 34.º K1 Infantil,

Mafalda Rodrigues: 38.º K1 Infantil feminino,

Tomás Marques 51.º K1 Cadete,

Martim Leme 56º K1 Cadete

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS