NATAÇÃO

SC Braga ambicioso no Meeting de Felgueiras

O SC Braga parte ambicioso para o Meeting de Felgueiras, prova que se realiza no fim de semana e conta com a presença de 30 clubes e mais de 300 nadadores.

O conjunto bracarense leva 27 nadadores e a ambição de “bater os recordes pessoais”, como salientou Luís Cameira, coordenador técnico do SC Braga, que salientou “levamos uma grande comitiva a Felgueiras, somos o segundo clube com mais nadadores presentes tanto em Juvenis, Juniores e Seniores e queremos conquistar bons resultados”.

Luís Cameira destaque o facto de “nesta prova já podermos levar mais nadadores, alguns dos quais já não participam em competições desde novembro outros desde dezembro. É muito tempo. Eles estão entusiasmados”.

INSTALADO GINÁSIO NA PISCINA

Para o treinador do SC Braga “esta foi uma boa semana, repleta de boas notícias. Por um lado, vamos competir, o que é superpositivo, e a outra é que conseguimos instalar um ginásio de musculação na piscina. O entusiasmo foi enorme e eles ficaram muito motivados. É a concretização de um sonho já com muitos anos”.

Luís Cameira considera que o grupo “tem condições para lutar por bons resultados, para bater os seus recordes pessoais”, até porque “apesar de já não competirem há muito tempo, nunca baixaram o rendimento nos treinos. Mantiveram sempre a ‘chama’ acesa, à espera que surgisse este dia”.

TAMILA HOLUB E JOSÉ PAULO LOPES EM ‘MODO’ TREINO COMPETITIVO

Se para a maioria o objetivo é conquistar bons resultados, para Tamila Holub e José Paulo Lopes esta é mais uma prova de avaliação… “é uma prova para aferir a forma em que estão, já que eles estão a preparar os Campeonatos da Europa. Para eles este é mais um treino competitivo”.

De resto, José Paulo Lopes até vai nadar outras distâncias que não as habituais para encarar a prova como treino.

José Paulo Lopes e Tamila Holub partem depois para a Serra Nevada, para mais um estágio em Altitude da Seleção Nacional.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS