CICLISMO

Catarina Lopes: “quero estar bem preparada para as provas de XCO”

Catarina Lopes está de regresso aos treinos de preparação com vista à nova época. A ciclista de Famalicão que representa a AXPO / FirstBike Team / Vila do Conde parte confiante e determinada em “dar o melhor nas provas da Taça de Portugal e Campeonato Nacional de XCO”.

Catarina Lopes deu início à sua preparação para a nova temporada em novembro, com a participação na primeira prova da Taça de Portugal de Ciclocrosse. No entanto, a pandemia obrigou ao adiamento da época de Ciclocrosse e a pré-época foi reformulada….

“Agora já estou a treinar e os trabalhos estão a correr bem. Ainda faltam uns meses para o arranque da época e, por isso, estou a treinar com calma, mas sempre com muita vontade e dedicação” garante Catarina Lopes, que não se sente desmotivada com o mau tempo… “como estou habituada a fazer a época de inverno no Ciclocrosse este tempo não me incomoda, nem desmotiva. Mantenho os mesmos treinos e trabalho da mesma forma, claro com os devidos cuidados e com outras proteções devido ao frio, mas sempre a trabalhar”.

Quanto aos objetivos para a época, a ciclista de Famalicão não tem dúvidas: “quero estar bem preparada para as provas da Taça de Portugal de XCO e para os Campeonatos Nacionais”.

Uma das apostas de Catarina Lopes seria o Ciclocrosse, que foi alterado para o final do mês, mas que pode não se realizar devido ao novo confinamento… “a ideia é dar o meu melhor no Ciclocrosse, mas o grande objetivo é sempre o XCO”.

“Eu aproveito o Ciclocrosse para ganhar ritmo competitivo e completar a minha preparação. Claro que dou sempre o meu melhor porque se conseguir juntar a preparação a bons resultados é sempre melhor”.

Catarina Lopes divide, atualmente, a sua paixão pelo ciclismo com as aulas. Está no 11.º ano e quer seguir Gestão. A ciclista de Famalicão garante que consegue conciliar… “eu procuro manter sempre a mesma rotina o ano todo. Tenho as horas que dedico aos estudos e as que dedico aos treinos. Assim, consigo conciliar as coisas”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS