CICLISMO

César Fonte “é uma corrida importante e marcante”

César Fonte, ciclista de Viana do Castelo que corre pela EFAPEL, vai discutir domingo a prova de Fundo do Campeonato Nacional de Ciclismo de Estrada, que decorre na zona de Paredes.

O ciclista vianense encara a corrida com responsabilidade e confirma que a EFAPEL vai lutar por uma camisola de Campeão Nacional.

“Estou a encarar a corrida com responsabilidade, o Campeonato Nacional é uma corrida importante e marcante no calendário todos anos e este ainda mais por todas as incertezas que estamos a viver” começou por referir César Fonte.

Disposto a dar o seu melhor, César Fonte assegurou que “a equipa EFAPEL vai entrar na corrida com o objetivo claro de conquistar a camisola”.

Interrogado sobre se está preparado para a prova, o ciclista de Viana do Castelo referiu que “digamos que sim, mas é um ano atípico, vimos de um longo período sem competir o que deixa toda gente sem saber como o corpo vai reagir à competição”.

De resto, a EFAPEL participou na prova em Espanha, mas a experiência não foi positiva para César Fonte: “a prova em Espanha não correspondeu às expetativas porque tive duas quedas e acabei por desistir. Ia com outras ambições e o percurso até se enquadrava perfeitamente nas minhas características, mas infelizmente não correu como desejado” e adiantou: “tudo isto faz parte, o ciclismo profissional é mesmo assim. O importante foi recuperar das lesões para me apresentar domingo ao meu melhor nível”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS