CICLISMO

Hélder Gonçalves continua na Kelly: “gosto de estar nesta equipa”

Hélder Gonçalves vai continuar a envergar as cores da Kelly/Simoldes/UDO em 2023. O acordo foi anunciado hoje e o ciclista barcelense diz-se “muito feliz”, pois “gosto de estar nesta equipa”.

“É com a mesma motivação e ambição de sempre que encaro mais esta oportunidade de correr pela Kelly”, disse Hélder Gonçalves, que adiantou que “felizmente posso dizer que recebi algumas propostas, o que é bom sinal. Contudo falei com os diretores da minha equipa e chegamos a um acordo… Pois é nesta equipa que eu queria ficar”.

Quais os objetivos para a nova época? “Os meus objetivos passam por estar na luta pela classificação geral das provas por etapas mais importantes do calendário”, afirmou o ciclista de Barcelos, que salientou que “sei que ganhar ou até mesmo fechar no top5 é irrealista e ainda precoce na minha carreira. Acredito que ainda tenho que ter alguma evolução e dar mais passos para lá chegar, mas quero estar sempre na discussão e bem colocado, confirmando assim a minha especialidade neste tipo de provas”.

Afirmando que “o foco principal está na Volta a Portugal”, Hélder Gonçalves que se estreia este ano como Elite, diz-se preparado “para o novo desafio” e adiantou: “acho que não vai mudar muito, mais de 90 por cento das corridas que realizamos são com os Elites e, por isso, já estou habituado”.

Hélder Gonçalves está a gozar “uns dias de férias”, tendo previsto o regresso aos trabalhos já na próxima semana: “pouco tenho feito ou andado de bicicleta. Atualmente passo imenso tempo no computador a trabalhar… mas estou ansioso por começar”, disse o engenheiro informático.

De referir que este será o quinto ano de ligação entre o ciclista de Barcelos e a Kelly/Simoldes/UDO.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS

Quer promover o seu evento?
Contacte-nos...