CICLISMO

José Dias (Buff) na luta pelo Campeonato Nacional de Maratonas

José Dias, barcelense que alinha na BUFF-Megamo Team, é um dos grandes favoritos à conquista do título nacional de Elites no Campeonato Nacional de Maratonas (XCM) que se realiza domingo, em Estremoz.

O ciclista barcelense, que em 2020, foi segundo classificado, regressa à competição neste Campeonato Nacional depois de uma paragem forçada por problemas de saúde…

O Campeonato Nacional de XCM conta com mais de 600 ciclistas inscritos, numa prova que arranca às 9 horas e conta com três percursos.

“TRABALHEI O MELHOR QUE PUDE PARA CHEGAR NO MELHOR POSSÍVEL NO PRÓXIMO DOMINGO”

“Fui obrigado a uma paragem forçada por motivos de saúde. Retomei os treinos assim que foi possível e trabalhei o melhor que pude para chegar o melhor possível no próximo domingo”.

Vai ser um teste também para veres como estás? “É um Campeonato Nacional, portanto, não é uma corrida que se possa dizer que vou ver em que ponto estou”, disse José Dias, que salientou que “claro que depois tudo será analisado e tido em conta”.

José Dias ressentiu-se do problema de saúde há já algum tempo, mas conseguiu realizar algumas provas… “O problema que tinha já me estava a incomodar desde as primeiras competições da temporada, mas mesmo assim, posso dizer que estava a ser um início de época constante e linear”.

“ESPERO ESTAR COMPLETAMENTE APTO”

Sentes que estás totalmente recuperado e apto para encarar o que resta da época? “A treinar sinto-me bem, mas a competir levamos sempre mais o corpo ao limite… Espero estar completamente apto, até porque se avizinham competições e objetivos importantes e espero estar preparado”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS