CANOAGEM

Mafalda Germano (Gemeses) confiante para a Taça Portugal Velocidade

Mafalda Germano, do Grupo Cultural Desportivo e Recreativo de Gemeses, parte confiante para a Taça Nacional de Velocidade de Canoagem/Seletiva Nacional e Campeonato Universitário (CNU’s), que decorrerem este fim de semana no Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho.

A atleta do conjunto de Esposende diz-se “tranquila e com confiança no trabalho que foi feito”, afirmando que “espero manter o meu lugar na equipa nacional, acrescentando-lhe algo. O objetivo passa, principalmente, por isso, sendo que gosto de desfrutar ao máximo das competições. Apesar de serem momentos de alguma tensão é preciso tirar proveito porque, no fundo, estou a fazer aquilo que gosto”.

“A MAIOR DIFICULDADE SERÁ SUPERAR-ME A MIM MESMA”

Sendo um fim de semana muito preenchido – Taça, Seletiva, CNU’s -, qual pode ser a maior dificuldade? “A maior dificuldade será superar-me a mim mesma. Nesta época tenho tido alguns percalços: entre Covid, gastroenterite e alguns problemas respiratórios, que me levaram a não conseguir seguir o meu plano de treino na sua plenitude. No entanto, penso que consegui passar por cima disso e atingir o nível que procurava”, disse a atleta do Gemeses, que sobre as adversárias referiu que “trabalhamos para sermos melhores e na hora H cada uma dará o que tem e isso terá de ser suficiente”.

Mafalda Germano acredita que os problemas de saúde que a afetaram “já estão, totalmente, ultrapassados” e mostra-se ambiciosa para a época que ainda agora começou… “Para esta época os meus objetivos passam por melhorar as minhas referências pessoais. Apesar de ainda ser Sub-23 o objetivo é fazer parte da equipa Sénior… e trabalhar para que se consigam os melhores resultados possíveis nas futuras provas internacionais”.

“PROCURO O MELHOR RESULTADO POSSÍVEL”

Estar presente nas provas internacionais, é fundamental para a tua evolução? “Sim, sem dúvida é o objetivo principal. Não apenas estar presente, mas procurar o melhor resultado possível”.

A nível nacional e sendo ainda Sub-23, o objetivo passa por te impores nas provas de Seniores? “Eu costumo pensar e dizer ‘um passo de cada vez’. E para esta época a nível nacional o objetivo é, principalmente, impor-me como Sub-23”, referiu Mafalda Germano, que confessou que “um pódio como Sénior seria muito positivo…e está em aberto”.

“SOU SEMPRE MUITO BEM RECEBIDA POR TODOS QUANDO VOU AO CLUBE”

Mafalda Germano representa o Gemeses há dois anos, depois de se ter iniciado na Associação Naval Ancorense… “eu nasci em Almada e fiz a aminha formação na NA Ancorense, mas nos últimos quatro anos vivo na residência universitária em Montemor-o-Velho e passo algum tempo em Esposende… entretanto, surgiu a hipótese de integrar um clube mais dinâmico e mudei-me para o Gemeses”.

A atleta do Gemeses garante que “sou sempre muito bem recebida por todos quando vou ao clube e eu gosto imenso de treinar no Rio Cávado”.

Curiosamente, Mafalda Germano não iniciou a sua prática desportiva pela Canoagem…“comecei na Vela no meu antigo clube, mas na altura não havia muita competição e não me estava a cativar. Como também existia a modalidade de Canoagem, decidi experimentar…”, disse a atleta da Seleção Nacional, que salienta que “sempre gostei de água, logo os desportos náuticos seriam a opção”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS