NATAÇÃO

Jorge Maia (GDN Famalicão): “atletas estão muito motivados”

“Os atletas estão muito motivados e querem fazer ainda melhor do que já fizeram nas provas que lhes garantiu a presença nestes Zonais”, foi assim que Jorge Maia, treinador do GDN Famalicão, começou por abordar a presença da equipa no Torneio Zonal de Infantis – Zona Norte, que decorre em Condeixa entre hoje e domingo.

O conjunto famalicense apresenta-se neste Zonal com 10 atletas e a ambição de conquistar bons resultados, entre eles colocar alguns atletas no top10.

“Esta é a primeira grande prova do ano do escalão, onde vai estar uma seleção muito apertada de atletas e em que um dos objetivos passar por obter tac’s para o Campeonato Nacional e isso já transmite alguma responsabilidade aos atletas”, começou por afirmar Jorge Maia, treinador dos Infantis do GDN Famalicão, que garantiu que “os atletas estão motivados e querem fazer ainda melhor do que aquilo que fizeram para estar presentes aqui”.

Afirmando que “partimos com a expetativa de poder melhorar algumas classificações”, Jorge Maia referiu que “conto em ter dois ou três atletas no top10, o que era bom para todos”, até porque “os 10 melhores classificados terão acesso a um encontro nacional e isso é importante para os atletas, pois vão estar em convívio com outros atletas, vão treinar e fazer uma série de testes fora do seu ambiente. É uma experiência única para eles”.

Como os sentiu esta última semana? “Foi engraçado porque todos os atletas apareceram com muitas dúvidas para os treinos, que tempo é necessário, como devem fazer… e temos histórias engraçadas como a de uma nadadora que já queria fazer a mala no sábado passado… É muito engraçado vivenciar tudo isto como treinador. Para mim já é uma vitória vê-los assim tão entusiasmados”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS