CICLISMO

David Martins “prontíssimo” para o arranque da época

David Martins, ciclista de Guimarães que corre como Individual, diz-se “prontíssimo” para o arranque da época de Downhill, já no próximo fim de semana com a realização da primeira prova da Taça de Portugal, que decorre na Serra de Santa Helena, Tarouca.

O ciclista de Guimarães, Vice-Campeão do Minho em Elites, considera que “vai ser uma corrida muito interessante uma vez que estão inscritos muitos pilotos do circuito mundial”.

Para Tarouca estão inscritos mais de 150 atletas em Elites, contando com um número elevado de atletas estrangeiros, o que vai elevar o nível desta primeira prova da Taça de Portugal de DHI

“PLANEIO ESTAR PRESENTE EM ALGUMAS TAÇA DA EUROPA…”

Um bom teste para começar? “Será, sem dúvida, um bom teste de preparação para a época 2022”, disse David Martins, que referiu que “planeio estar presente em algumas Taças da Europa este ano, pelo que ter uma corrida com um grande nível de pilotos e uma pista incrível é o arranque ideal”.

Quanto a objetivos para a época, David Martins não tem dúvidas: “acima de tudo diverte-me tanto como em 2021. Mais do que os resultados, o importante é desfrutar das corridas e continuar a aprender”.

David Martins realizou, este ano uma pré-época diferente. Com o fim da época de DHI, dedicou-se a outras desportos que o ajudaram a manter-se em forma e com os níveis de confiança e motivação em alta.

“PRÉ-ÉPOCA CORREU BASTANTE BEM”

“Posso dizer que a pré-época correu bastante bem. Praticamente não toquei na bicicleta de Downhill, mas fiz bastante descidas na bicicleta de Enduro e fiz também Motocross”, disse o ciclista de Guimarães, que explicou que “o Motocross é divertido e fisicamente exigente. Uma boa escolha para a pré-época”.

Para David Martins divertir-se enquanto pratica desporto é essencial: “claro que tento sempre dar o meu melhor e sou competitivo, mas sei que a longo prazo o que importa mesmo é sermos felizes naquilo que fazemos”.

“Este ano faz 10 anos desde a minha primeira época como atleta federado (2012). Espero acrescentar no mínimo mais 10 a esta carreira que tanto me cativa”, referiu.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS