CICLISMO

Fábio Martins ingressa na SAERTEX

Fábio Martins vai representar a SAERTEX Portugal/Edaetech na época 2022. O ciclista de Amares, que na última época alinhou como individual, tem como foco principal as Maratonas, tanto a nível do Campeonato do Minho, como as provas nacionais (Campeonato e Taça de Portugal)

Fábio Martins encara o novo desafio com muito otimismo e vontade de dar o máximo… “Será sem dúvida, um desafio interessante, é uma equipa nova, com atletas muito fortes e muito ambiciosos. É sempre uma motivação extra para conseguir dar o melhor de nós”.

Como surgiu a oportunidade de ingressar na SAERTEX? “A oportunidade surgiu através de um colega/amigo, que já pertencia à equipa. Ele falou comigo e eu aceitei o desafio”, disse Fábio Martins, que referiu que “as provas ainda não começaram – esperemos que em fevereiro já se realizem algumas -, o espírito de equipa está mais presente nos dias de prova, mas pelas pessoas que conheço, o espírito é sempre divertido e de grande empenho”.

Fábio Martins já retomou os treinos de preparação com vista à nova época e até já treinou com alguns novos colegas… “já fiz um treino com alguns elementos. Espero que em breve possamos fazer mais treinos em conjunto, quando a situação pandémica acalmar um pouco. Até lá continuam os treinos individuais ou com apenas um ou dois colegas”.

A APOSTA NAS MARATONAS

Quanto a objetivos, o ciclista de Amares refere que “os objetivos este ano passam por participar nas provas da Taça de Portugal de XCM, no Campeonato Regional do Minho de XCM e no Campeonato Nacional de XCM. Caso o calendário o permita, pretendo fazer também algumas provas de Estrada, XCO e uma ou duas Ultramaratonas”, e adiantou: “e em todas as provas tentar sempre a melhor classificação possível e ajudar também a equipa com as classificações por equipa”.

Afirmando que “a aposta passara sempre pelas Maratonas”, Fábio Martins salientou que “as provas das outras vertentes serão apenas para divertir e ganhar um pouco de forma”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS