BASQUETEBOL

Seleção de Sub-16 femininos regressou aos trabalhos

A Seleção de Sub-16 femininos da Associação de Basquetebol de Braga retomou este domingo os treinos de observação tendo em vista a Festa do Basquetebol.

O treino decorreu no Pavilhão EB 2,3 de Vizela e serviu “para observarmos as miúdas antes do estágio”, começou por afirmar a selecionadora das Sub-16, Tânia Gomes, que este ano conta com a colaboração de Ricardo Nascimento.

Questionado sobre as ilações que tirou desta primeira observação, Tânia Gomes referiu que “o Basquetebol regrediu muito com esta paragem de quase duas épocas por causa do covid. Estas miúdas perderam dois anos importantes para elas, falta-lhes muito conhecimento do jogo e muita técnica”, mas: “é um grupo que parece quer trabalhar e prontas para aprender”.

Terá de ser menos exigente nesta fase? “Não diria menos exigente, mas sim planear treinos mais acessíveis para dar oportunidade a todas. Também temos um grupo muito extenso e queremos encontrar as 12 melhores da Associação. Esta foi a primeira observação e ainda nos falta muito trabalho pela frente”.

A Seleção de Sub-16 femininos vai realizar, durante as férias de Natal, um estágio, com treinos bi-diários, retomando assim uma prática que existia antes da pandemia.

De salientar que para o treino de observação foram convocadas as seguintes atletas:

Ribeirão FC: Leonor Azevedo, Sofia Teixeira, Maria Ferreira e Mariana Paiva.

Famabasket: Mafalda Guimarães, Ana Moura, Beatriz Silva e Bruna Pereira.

FC Vizela: Alexandra Teixeira, Diana Teixeira, Inês Azevedo e Isabel Azevedo.

GDAS: Mafalda Sousa, Maria Inês Reis. Mafalda Almeida e Joana Rocha.

Maria Fonte:  Rita Costa, Luana Ferreira, Juliana Gonçalves e Milena Gonçalves.

BC Barcelos: Margarida Silva, Margarida Matos e Maria Beatriz Pinto.

SC Braga: Laura Carneiro, Mariana Pereira, Francisca Carvalho e Mafalda Amorim.

ATC: Sofia Coelho, Carolina Silva, Mariana Pinto, Mafalda Machado.

Vitória SC: Carolina Vaz Vivas, Aide Tavares, Inês Gonçalves e Francisca Freitas.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS