Sem categoria

Mariana Afonso (Moto Galos) no Trial nas Nações

Mariana Afonso, piloto vianense apoiada pelo Moto Galos de Barcelos, integrou pela segunda vez a seleção feminina portuguesa no Trial das Nações, que se realizou no fim de semana em Gouveia.

A piloto vianense fez equipa com com Rita Vieira e Leonor Moreira. O trio obteve a oitava posição.

Já a equipa lusa masculina – constituída por Diogo Vieira, Paulo Gonçalves e Filipe Paiva – terminou em décimo lugar da categoria Internacional, ganha pela Noruega (Jarand Gunvaldsen, Hakon Pedersen e Sondre Haga).

Sem surpresa, Espanha conquistou tanto o título feminino (Laia Sanz, Berta Abellán e Sandra Gomez), como o masculino (Toni Bou, Adam Raga e Jaime Busto), repetindo o feito alcançado em 2019, em Ibiza.

No sábado, Mariana Afonso esteve também em ação na última etapa da Taça do Mundo FIM de Trial2 Women, tendo ficado no 12.º lugar, na classificação acumulada das provas realizadas em Itália, França, Espanha e Portugal. Na ronda portuguesa ficou em 14.º.

“Foi uma época de aprendizagem e evolução com as melhores pilotos do mundo”, disse a atleta vianense, que sobre o Trial das Nações, referiu: “demos o máximo por Portugal”, o objetivo era um “resultado final melhor, mas acima de tudo fica a emoção especial de representar o nosso país, espero voltar a ter a oportunidade no próximo ano”.

Rogério Castro, piloto que se juntou este ano à secção de Trial da Moto Galos, estreou-se no Trial das Nações na importante tarefa de “mochilar”, uma experiência que considerou “espetacular” e que pretende repetir.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS