CICLISMO

João Martins brilha no ‘Alves Barbosa’

João Martins, do CC do CC Barcelos/A.F.F./Flynx/H.M. Motor, esteve em grande destaque no XXI Troféu Alves Barbosa, que decorre este fim de semana.

O ciclista de Barcelos venceu a Classificação Geral de Pontos, conquistando a Camisola Verde, e a Classificação das Metas Volantes (Camisola Rosa) para além de ter feito top10 no Classificação Geral Individual.

Na etapa de hoje, a segunda e última, que teve uma extensão de 77,7 quilómetros, João Martins fez 11.º lugar, a cinco segundos do vencedor, Rafael Sousa, do Penafiel Bike Clube.

João Martins termina no sétimo posto na Classificação Geral Individual, sendo o melhor ciclista minhoto em prova.

Samuel Martins (Tensai/Sambiental/Santa Marta) conclui o Troféu Alves Barbosa na nona posição depois de ter terminado a etapa de hoje na sétima posição.

Bruno Lopes, da Landeiro/KTM/Matias& Araújo/Frulact, terminou a última etapa na sexta posição, a três segundos do primeiro.

O ciclista de Guimarães que alinha na formação de Roriz fez 25.º da geral.

Gabriel Baptista, da Landeiro KMT, termina o Troféu Alves Barbosa em 22.ª e Rúben Benedito (Tensai) foi 23.º e Rodrigo Neves (CC Barcelos) terminou em 26.º.

Por equipas o CC Barcelos concluiu em sétimo lugar, seguido pela Landeiro KTM em oitavo e a Tensai/Sambiental/Santa Marta foi 11.º.

JOÃO MARTINS: “VOU SATISFEITO PARA CASA”

“Vou satisfeito para casa” foi assim que João Martins, ciclista do CC Barcelos, abordou a sua participação do Troféu Alves Barbosa.

O ciclista de Barcelos terminou no top10 da Classificação Geral e conquistou duas Camisolas…

“Foi uma boa prova, em que eu me acabei por focar um pouco mais nas Camisolas do que a propriamente na Classificação Geral”, referiu João Martins, que acrescentou que “saio com uma boa sensação desta corrida e com duas Camisolas – a Verde dos pontos e a Rosa das Metas Volantes. Podia ter tentado a da Montanha, mas resguardei-me um pouco para o final. A subida para o Castelo acabou por não correr como esperava, pois estava mal posicionado, mas vou satisfeito para casa”.

João Martins dá por encerrada a época de Ciclismo de Estrada e faz um balanço positivo…

“A época começou bem, com a vitória ao sprint na corrida de Paços de Ferreira. Depois acabei por me perder um pouco misturando outras vertentes e memso na escola acabei por entrar em fadiga… Como não dá para ser bom em tudo, acabei por dar um pouco mais de importância e atenção à escola, pois um dia quero ter um bom futuro. Fui treinando na mesma, mas o meu ritmo abrandou muito”, disse João Martins.

O ciclista de Barcelos referiu que “tentei elevar-me de novo, mas não deu para mais. Agora é descansar e recuperar as energias. Espero entrar bem no novo escalão, Juniores, espero ter uma melhor performance e acredito que com dedicação, trabalho e esforço lá chegarei”.

“Não posso esquecer a minha equipa que sempre me ajudou em tudo e sempre teve a par das minhas conquistas e dos maus momentos. Nunca deixaram de me apoiar e ao resto da equipa dedico muito todas as minhas conquistas…”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS