VOLEIBOL

AVC Famalicão e Vilacondense na final Juniores B

O AVC Famalicão está na final do Campeonato Nacional de Juniores B feminino de Voleibol. A equipa treinada por João Carlos Carvalho bateu, esta tarde, o Volei Clube de São Miguel, por 3-0, no primeiro jogo das meias-finais da Final Four que está a decorrer no Pavilhão de Vermoim, em Famalicão.

Num jogo que ficou marcado pelo corte de energia, teve dois momentos distintos. O AVC Famalicão entrou muito forte e não deu grandes hipóteses ao adversário, acabando por vencer o primeiro set por 25-8.

Depois do corte de energia, a equipa dos Açores apareceu mais concentrada, enquanto o AVC Famalicão esteve menos focada, mas sem pôr em questão a vitória no jogo. Venceu os set’s seguintes por que 25-20 e 25-15.

Na final o conjunto de Famalicão vai defrontar o GC Vilacondense, equipa que hoje ganhou com CS Madeira por 3-0 (25-22; 25-21; 25-20).

JOÃO CARLOS CARVALHO: UMA VITÓRIA MERECIDA”

No final do jogo, João Carlos Carvalho considerou que a vitória foi merecida.

“Hoje estava a ser um jogo tranquilo para nós até à paragem, fruto da falta de energia. Entramos muito bem no jogo, focadas, e não demos grande chance de resposta do adversário. Após a paragem, quebramos um bocado, menos focadas, menos consistentes. Mas acabou por ser uma vitória merecida”, disse o técnico do AVC Famalicão.

Quanto ao jogo frente ao Vilacondense, João Carlos Carvalho salientou que “as equipas já se conhecem bem e conto com um jogo equilibrado que queremos muito vencer, tal como o Vilacondense. Acho que vai pender para quem for mais consistente e quem gerir melhor as emoções do jogo”.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS