CICLISMO

Afonso Soares e Duarte Ribas (Bike House) dominam em Escolas

Afonso Soares e Duarte Ribas, da Bike House DH Team/Guimarães, foram os vencedores em Escolas (Infantis e Juvenis) do 11.º BTT DHI da Penha, categoria que se estreou domingo no Campeonato do Minho de BTT Downhill – Cision de 2021.

Em Juvenis Duarte Ribas foi mesmo o mais rápido nas duas descidas. Na qualificação fez a marca de 2:55.64m, tempo que bateu na descida decisiva (2:52.801m).

Duarte Ribas deixou André Maia (Maiatos) na segunda posição (3.08:218). Diogo Rodrigues (Bike House) fez terceiro lugar.

Na prova feminina as irmãs Helena e Margarida Vasconcelos, Maiatos, mostraram os seus dotes e terminaram a prova no pódio.

Em Infantis, Afonso Soares realizou uma boa descida final e conquistou a primeira vitória neste Campeonato do Minho. Ezequiel Sanchez e (5th Pine MTB Team-Clube) foi segundo e Benjamim Vasconcelos (Maiatos) fez terceiro lugar.

ANTÓNIO SOUSA (TERRAS BOURO) E RICARDO SOARES (BIKE HOUSE) VENCEM EM MASTERS

António Sousa, do BTT Enduro Terras de Bouro, e Ricardo Soares (Bike House DH team/Guimarães) forma os vencedores minhotos nas provas de Master.

António Sousa discutiu a vitória com José Queirós (BTT Pandilhas a Monte) em Master 50, conseguindo levar a melhor na descida final ao realizar o tempo de 2:48:605m.

Já Ricardo Soares impôs-se em Master 40, O ciclista de Guimarães fez o tempo de 2:19:138m, gastando menos quatro segundos que o segundo classificado, Marco Silva (Vaconha BTT). João Daniel Gomes (BTT Enduro Terras de Bouro) terminou em terceiro.  António Cunha (DJorge Antunes) e o vimaranense Paulo Abreu terminaram nos lugares imediatos.

Em Master 30 a vitória sorriu a Manuel Bessa (BTT Pandinhas a Monte). Yago Bea (Traviesas CC) e Vítor Soto Maior preencheram os restantes lugares do pódio.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS