VOLEIBOL

AVC Famalicão vence em Braga na ‘negra’

O AVC Famalicão bateu, esta manhã, o SC Braga, por 3-2, em jogo da 13.ª jornada do Campeonato Nacional da I Divisão feminina de Voleibol.

O jogo prometia emoção, pois opunha duas equipas do Minho que se conhecem bem, e não defraudou as expetativas. O jogo começou equilibrado, com as equipas a disputaram ponto a ponto e a alternarem o marcador. O SC Braga esteve sempre na luta pelo set – esteve a ganhar por 19-16 -, mas o AVC Famalicão depois de um desconto de tempo assumiu as despesas do jogo e venceu por 24-26.

O segundo set foi uma cópia do primeiro. Partida muito equilibrada, com o SC Braga a ganhar algum ascendente e a empatar o jogo depois de ganhar por 25-21.

No terceiro set, o AVC Famalicão entrou mais concentrado, errou menos e foi-se afastando no marcador. Esteve a ganhar por 5-15. Mas o SC Braga reagiu e conseguiu mexer no jogo (11-18), mas sem conseguir importunar um AVC Famalicão, que parecia ter encontrado o caminho para a vitória no jogo…ganhou por 14-25.

Quem pensou que o jogo estava decidido, que o SC Braga iria quebrar, enganou-se. A equipa treinada por João Paulo Mateus, ainda a recuperar de um longo período de confinamento, reagiu, arregaçou as mangas e entrou decidida a vencer o set. Chegou aos 6-1 rapidamente. O jogo foi decorrendo de feição ao SC Braga, que chegou a estar a vencer por 17-11. Foi então que o AVC Famalicão reagiu e conseguiu reduzir para 17-16.

O jogo continuou muito equilibrado. O AVC Famalicão deu a volta e chegou aos 22-23. Os minutos seguintes foram de grande entrega de ambas as equipas. Emoções a rubro. Por um lado, o SC Braga a tentar empatar a partida, do outro um AVC Famalicão a querer ‘fechar’ o jogo… pelo meio uma decisão do árbitro que levou a protestos da equipa famalicense. No final o SC Braga venceu o set por 26-24 e levou a decisão do jogo para a negra.

No quinto set, o jogo manteve-se equilibrado até aos 7-8, depois o AVC Famalicão esteve mais seguro e rapidamente chegou aos 8-15, vencendo a partida.

Com este resultado o AVC Famalicão manteve a sétima posição, agora com 13 pontos, enquanto o SC Braga é 12.º com cinco. As duas equipas voltam a encontrar-se terça-feira, pelas 10.30 horas, em Famalicão.

JOÃO PAULO MATEUS: “FOI UM JOGO EQUILIBRADO”

João Paulo Mateus, treinador do SC Braga, entrou em campo com algumas cautelas. A equipa retomou os trabalhos há uma semana, depois de um longo período fora dos pavilhões, e teve um desgaste enorme no passado domingo frente ao Benfica…

“Nós tivemos uma semana em que a nossa grande preocupação era recuperar as atletas. Conseguimos apresentar a equipa mais ou menos equilibrada em termos físicos”, começou por afirmar João Paulo Mateus, que adiantou que “nós sabíamos que íamos encontrar dificuldades, mas também sabíamos o que tínhamos de fazer para criar dificuldades ao AVC. Foi um bom jogo entre duas equipas que se conhecem bem e que fizeram um bom trabalho”.

João Paulo Mateus gostou de muitas das coisas que a sua equipa fez, tendo em atenção tudo o que a equipa viveu recentemente, mas confessa que queria mais… “não fiquei contente porque perdemos o jogo, claro que temos de ter a noção que não era um jogo fácil. Conseguimos, em alguns momentos, estar muito bem, mas cometemos alguns erros e nestes jogos isso paga-se caro”.

“Nós hoje encontramos uma equipa, que tem outras valências e outros objetivos no campeonato, uma equipa que ainda não passou pelo que nós passamos e um confinamento deixa marcas. O AVC mostrou, por isso, outro ritmo, é uma equipa mais sistematizada. Sou muito exigente e quero sempre mais, mas a verdade é que a minha equipa hoje fez coisas boas e estou contente por termos melhorado em muitas ações”.

Surpreendeu-o a reação da sua equipa ao jogo?  “Não fiquei surpreendido. Esta equipa está num crescendo de forma enorme. Cometemos erros, e temos de os corrigir, mas tenho de realçar os aspetos positivos”.

Terça-feira, o SC Braga desloca-se a Famalicão. Como vai ser o segundo jogo? “Vai ser um jogo muito idêntico ao de hoje. Nós já falamos em equipa do que fizemos bem. O que fizemos mal também vai ser abordado. Agora vamos recuperar o melhor possível e vamos a Famalicão para tentar surpreender o AVC. Animicamente a equipa está bem. Perdemos, mas sabemos o que fizemos. Acreditamos que podemos tirar proveito do estado anímico do AVC, que, se calhar, não estava à espera de tantas dificuldades neste jogo”.

VÍTOR OLIVEIRA: “NÃO FOMOS CAPAZES DE FAZER O NOSSO JOGO”

“Nós sabíamos que íamos encontrar dificuldades. O SC Braga tem um bom serviço, que nos causou muitas dificuldades e nós, por vezes, tivemos um mau primeiro toque. Preparamo-nos bem para o jogo, tendo em atenção os pontos fortes do SC Braga e os nossos, mas não fomos capazes de pôr em campo o que trabalhamos, o nosso jogo. Cometemos alguns erros em muitas partes do jogo e isso causou-nos algum desgaste”, foi assim que Vítor Oliveira, começou por abordar o jogo desta manhã com o SC Braga.

O treinador do AVC Famalicão referiu ainda que “quando conseguimos pôr em campo o nosso jogo, as coisas saíram naturalmente e isso notou-se nos set’s, como foi o caso do terceiro e do quinto”.

O AVC Famalicão não teve uma consistência durante todo o jogo…“desde que perdemos a Rafaella que tivemos de mexer na equipa. Temos jogadoras a jogar fora das suas posições e, de vez em quando, nota-se que elas não estão à vontade e quando começamos a errar parece uma espiral, deixamos de controlar a situação e aí parece que a ‘bola queima’. Tivemos alguns momentos desses neste jogo e dificultamos o nosso próprio trabalho”.

Terça-feira há novo confronto com o SC Braga…“claro que a jogar em casa somos favoritos. Há sempre referências que nos podem favorecer, como o campo, o serviço…é a nossa casa. Penso que vai ser um jogo um pouco à imagem do jogo de hoje. Se conseguirmos ter a capacidade do primeiro toque, bola na mão e controlar o ponto forte do SC Braga, que é o serviço, penso que estaremos mais perto de conseguir o que queremos”.

RESULTADOS

Seniores Femininos

13.ª Jornada

Vitória SC – CD Aves/Termolan, 0-3 (20-25, 26-28 e 23-25)

SC Braga/U. Minho – AVC Famalicão, 2-3 (24-26, 25-21, 14-25, 26-24 e 8-15)

Boavista FC – Sporting CP, 0-3 (22-25, 14-25 e 17-25)

Clube Kairós – Leixões SC, 1-3 (25-23,17-25, 22-25,16-25)

Adiados para data e hora a definir

PV2014 – AJM/FC Porto

Castêlo da Maia GC – Belenenses

GC Vilacondense – SL Benfica

8.ª jornada

Belenenses – AJM/FC Porto, 0-3 (15-25, 22-25 e 12-25)

PROGRAMA JOGOS

Terça-feira

10.30h: AVC Famalicão – SC Braga,Pav. Municipal das Lameiras

11h: Sporting – Boavista

11h: CD Aves – Vitória SC, Pav. CD Aves

11h: Leixões – Clube K

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS