VOLEIBOL

AVC Famalicão: “expectantes, mas confiantes”

“Estamos expectantes, mas confiante em fazer um bom jogo e um bom resultado” disse Vítor Oliveira, treinador do AVC Famalicão, que domingo se desloca a Vila do Conde para defrontar um remodelado Ginásio Vilacondense, a partir das 16 horas.

Depois da Supertaça, a equipa famalicense está já totalmente concentrada no Campeonato, onde a meta é, como sempre, andar nos primeiros lugares e tentar chegar o mais longe possível.

No ano passado, o AVC Famalicão assegurou a presença na ‘Final Four’ da Taça de Portugal e no Campeonato de Elites, onde iria disputar o título de Campeão Nacional, fase, entretanto, cancelada devido ao Covid-19.

Para a jornada inaugural, Vítor Oliveira não deve poder contar com Ana Paula, que se lesionou nos jogos da Supertaça e está ainda em processo de recuperação.

De resto: “a equipa está bem, já nos sentimos melhor fisicamente e estamos expectantes quando ao campeonato, mas confiantes em fazer um bom jogo e um bom resultado no domingo”, disse Vítor Oliveira.

O treinador do conjunto de Famalicão referiu que “a equipa recuperou bem da sua participação na Supertaça. Elas acreditam no processo e naquilo que estamos a fazer. Sabíamos das condições e condicionantes e perceberam que com um bocadinho de sorte podíamos ter feito algo mais. Mas a Supertaça está ultrapassada e agora estamos focados no Campeonato Nacional da I Divisão e estamos motivados”.

“Vamos a Vila do Conde defrontar uma equipa nova, com muitas caras novas. Não sabemos muito bem que equipa vamos encontrar. Vai ser um jogo difícil, mas partimos motivados e com a ambição de ganhar” disse Vítor Oliveira.

Para o treinador do AVC Famalicão “vencer é sempre importante e começar o campeonato com uma vitória dá sempre alento e motivação para os jogos seguintes e nós vamos a Vila do Conde para lutar pela vitória”.

Até porque o AVC Famalicão é um dos fortes candidatos à Divisão de Elites: “Nós sabemos do nosso valor e o que queremos. Também sabemos que há um lote grande de equipas que estão muito mais fortes que o ano passado. Há muitas equipas com plantéis muito bons, muito fortes, mas o AVC Famalicão quer muito estar na Divisão de Elite e vamos lutar por esse objetivo”.

JULIETA CERVINI REFORÇA AVC

Julieta Cervini é a mais recente contratação do AVC Famalicão para a época 2020/21.

Julieta Cervini é oriunda da Argentina e joga a Central. Julieta junta-se aos também reforços Ednéia, Central que veio do Brasil, Rafaella Bonifácio, Ponta que jogava nos Estados Unidos, Tamara de Paula, Ponta oriunda do Brasil, e Eva Monteiro, Central ex-SC Braga.

completam o plantel a Central Mariana Meira, a Líbero Raquel Moreno, as Distribuidoras Joana Martins, Vanessa Rodrigues; as Opostas Ana Frare, Margarida Reis; as Pontas Sara Sá, Inês Magalhães.

Treinador: Vítor Oliveira

Treinadores adjuntos: Dema e Bruno Leita.

Fisioterapeuta: Ana Melo.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS