VOLEIBOL

Vitória SC estreia-se frente ao AJM/FC Porto

O Vitória SC estreia-se no Campeonato Nacional da I Divisão de Voleibol Feminino frente ao AJM/FC Porto, em jogo que está marcado para as 15 horas de domingo, no Pavilhão Desp. Unidade Vimaranense.

A equipa vimaranense, que garantiu a subida de divisão na semana passada depois de disputar a Poule de Acesso à I Divisão, prepara-se agora para defrontar “uma das mais fortes equipas do campeonato”, como referiu Óscar Barros.

O técnico do Vitória SC explicou que “esta foi uma semana de trabalhos diferente. Demos-lhe uma pequena folga na segunda-feira. Treinamos terça e quarta-feira e hoje realizamos um jogo treino com o CD Aves”.

“VAMOS ENCONTRAR UM CAMPEONATO DIFERENTE”

De resto, a semana serviu, essencialmente, para um alertar das atletas para a nova realidade: “basicamente aquilo que tentamos passar à equipa é que agora, e depois de alcançado o objetivo da subida, temos de nos consciencializar que vamos encontrar um campeonato diferente. O grau de dificuldade é elevadíssimo, vamos encontrar equipas com muitas atletas estrangeiras e de grande nível, equipas muito mais fortes do que aquilo que estávamos habituados. Aliás o campeonato é de um nível altíssimo, mas é também uma prova de regularidade, mesmo as equipas mais fortes vão passar momentos de oscilações e nós temos de ter alguma regularidade no nosso desempenho e fazer o possível para aqui e ali causar alguma surpresa”.

O técnico do Vitória SC adiantou que “nós temos uma equipa jovem, mas competente, consistente e que vai crescer e é nestes jogos, com equipas muito fortes, que temos de aproveitar para aprender, para que possamos alcançar os nossos objetivos a médio prazo”.

EQUIPA HABITUADA A GANHAR

O Vitória SC tem uma equipa que está habituada a ganhar, está preparada para a realidade do Campeonato Nacional da I Divisão?

“É verdade este é uma equipa que está habituada a ganhar. No ano passado em 24 jogos, perdeu três em campo e um na secretaria. Elas foram alertadas que esse hábito se vai desfazer, que temos de viver com a nova realidade, mas este é um grupo muito trabalhador, ambicioso e que sabe exatamente o que quer e o que vai encontrar e sabe também o que tem de fazer para crescer. Vamos aproveitar os jogos mais difíceis para aprender e vivenciar o que é jogar ao mais alto nível”, disse Óscar Barros.

MARINA SCHERER DE FORA

O treinador do Vitória SC acredita que “a equipa está prepara. É uma equipa feliz, mas que já está com os pés bem assentes no chão e vai trabalhar da mesma forma que trabalharam até aqui a pensar já no futuro”.

Durante a semana o Vitória SC aproveitou para recuperar algumas pequenas mazelas sofridas nos jogos da Poule de Acesso. De fora das opções está a distribuidora Marina Scherer, que se lesionou no jogo com o SC Madeira.

Comentários

Artigos relacionados

Ver também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS