CICLISMO

Iúri Leitão: “acreditei sempre que podia ganhar”

Iúri Leitão, ciclista de Viana do Castelo que está a representar a Seleção Nacional no Campeonato da Europa de Pista, que decorre em Plovdiv, Bulgária, esteve em grande destaque na prova de Eliminação, que se realizou esta tarde, e arrecadou a medalha de prata.

Iúri Leitão, que já tinha brilhado no ‘Europeu’ de Sub-23 ao conquistar os títulos de Vice-Campeão da Europa de Corrida por Pontos, Scratch e Eliminação, entrou da melhor forma no Europeu de Elites e realizou uma prova segura e muito determinada conquistando mais um título de Vice-Campeão, agora no Campeonato Europeu de Elites…

“A corrida começou num ritmo alucinante e, ao princípio, estava a passar algumas dificuldades, mas com o desenrolar da prova fui melhorando”, começou por referir o ciclista de Viana do Castelo.

Quando sentistes que podias entrar na discussão da corrida?  “Quando eramos cerca de 10 atletas foi quando senti que, realmente, podia entrar na discussão da corrida e acreditei…lutei e consegui chegar ao segundo lugar”.

Iúri Leitão confessa que “acreditei sempre que podia ganhar”, e adiantou que “por mais que a prova estivesse a ser muito dura, pensei que não seria o único a sofrer…e que podia ainda ganhar”.

Iúri Leitão chegou ao segundo lugar e considera que “a prova e o resultado de hoje servem, essencialmente, para ganhar alguma confiança para o que aí vem”. O ciclista de Viana do Castelo volta à pista já esta quinta-feira para disputar a prova de Scratch: “não gosto de pôr expectativas neste tipo de provas, mas prometo fazer o meu melhor”.

Para já: “vou descansar o melhor possível para recuperar da prova de hoje e restabelecer as energias para amanhã”.

Maria Martins foi a outra representante portuguesa no primeiro dia de competição em Plovdiv. A ribatejana foi a décima classificada na disciplina de Scratch.

Esta quinta-feira, Iúri Leitão corre a prova de Scratch, às 16.30h, enquanto Maria Martins engrossa o pelotão de eliminação às 17.25h.

Fotos: FPC

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao Topo

COVID-19

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença: • Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo; • Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%; • Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória; • Evitar tocar na cara com as mãos; • Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado. Seja responsável, faça a sua parte. Respeite o isolamento social. #JUNTOSVENCEREMOS